• Da redação

Holambra Centro e Pérola Negra se classificam para as semifinais da copinha


Jovens talentos de Holambra representarão a cidade na primeira fase final


Durante esta semana, jovens promessas do futebol da região não deixaram a bolar parar no Estádio Municipal Zeno Capato: de terça a quinta, atletas de cinco times, divididos em três categorias (Sub-11, Sub-13 e Sub-15), disputaram a fase eliminatória da 10ª Copinha promovida pelo Departamento Municipal de Esportes. Nesta sexta-feira, 14 de julho, acontecem as partidas da fase semifinal e no sábado (15) serão conhecidos os campeões de cada categoria.

Os times do Holambra - Centro (Sub-15 e Sub-13), se classificaram para as semis do campeonato juntamente com os times do Pérola Negra (Sub-11 e Sub-13), também classificados para a próxima fase (confira tabela completa ao final da reportagem).

Dos times inscritos, apenas a Ponte Preta ficou alojada em Holambra e participou desta edição com os atletas da Escolinha de Futebol, categoria Sub-11. O técnico Thiago Bielsa de Almeida destacou que os campeonatos externos são sempre incentivados e a explicação é simples: a vivência em outra cidade, com torcida e jogos competitivos, ajudam no desenvolvimento do atleta, que também fica responsável pela organização do alojamento. “O jogo, em campeonatos, é um meio para se alcançar este amadurecimento”, reforçou Bielsa.


E como são todos jovens atletas, os pais ficam preocupados, mas a curta distância e as redes sociais são aliadas: em cada jogo um grupo de pais comparece – mas volta para Campinas em seguida – e o WhatsApp não para: tem sempre uma foto para ser enviada!

Luis Henrique Maria é técnico do Bola de Ouro, de Hortolândia, escolinha que participa nas três categorias. Ele reforçou o empenho do elenco em cada campeonato e os garotos do Sub-11 concordam: adoram jogar em outras cidades. E logo completam: primeiro querem vencer, depois, fazer novos amigos e conhecer a cidade. Antes de entrar em campo, o jovem Vitor Menezes revela que é importante “conhecer o adversário para garantir bons resultados”.


Vilma Bueno da Silva é a única mulher entre os técnicos e é a responsável pelo Sub-11 de Holambra. “O time é recente, mas todos esperam e até sonham com a Copinha. Mesmo quando perdem, ficam empolgados e o desempenho já melhorou muito de janeiro para julho”, avalia a treinadora.

O diretor de Esportes, José Roberto Maganha Júnior, citou que é na competição que os jovens atletas colocam em prática o que aprenderam nas Escolinhas. Destacou que a Copinha é um evento que deu certo – tanto que a cidade promoveu duas edições este ano –, sendo um atrativo para as férias escolares.

A cerimônia de abertura contou com a presença do prefeito Fenando Fiori de Godoy e do vice-prefeito Fernando Capato. Agora, Júnior espera o apoio da torcida holambrense para os jogos da garotada nessas fases decisivas. A entrada no estádio é gratuita e a Rua da Amizade fica fechada para garantir a segurança dos jovens atletas.


Esta edição reuniu cerca de 330 jovens atletas dos times Ponte Preta e Guarani, de Campinas; América de Rio das Pedras; Bola de Ouro de Hortolândia; Pérola Negra de Pedreira (mas com núcleo em Holambra) e da Escolinha de base da Prefeitura de Holambra.

Incentivo em casa

Ângela Maria Pereira da Silva aprendeu a gostar de futebol com os filhos Gustavo, de 15 anos, e Leonardo, de 10 anos. Eles treinam no Pérola Negra desde os 6 anos, “são fanáticos por futebol” e sempre participam das competições. “Acho a Copinha muito importante: eles fazem novas amizades, aprendem a respeitar as regras e os adversários, além de ser uma oportunidade para cada um mostrar o seu futebol”, resumiu. Ângela reforçou a importância do esporte para a formação de “cidadãos conscientes” e frisou que quase sempre acompanha os treinos e amistosos. “Em cada competição, o coração bate mais forte e adoro ver os meus filhos jogarem”.

Vanderlei Lima também incentiva o filho Thiago, de 13 anos, atleta do Pérola Negra, a praticar esportes. “Ele começou a treinar aos 6 anos. Não só para que possa ser um profissional, mas principalmente para que aprenda a respeitar as pessoas e para se tornar um homem de bem. A Copinha reúne muitos times e os jovens não esquecerão essas competições”, elogia.

Agora a expectativa está exclusivamente voltada para as semifinais do campeonato. Ambos os classificados de cada categoria se enfrentam na sexta-feira (14/07) para garantir uma vaga na final. Confira os times classificados e os horários de cada partida:


#Holambra #CopinhaemHolambra #Jogos #Semifinal #EstadioMunicipalZenoCapato #futebol #FuteboldeBase

24 visualizações