• Da redação

Faixas elevadas geram questionamentos e Prefeitura esclarece que haverá adaptações


Departamento de Obras presta esclarecimentos sobre desnível entre faixas construídas e as calçadas, bem como a altura estipulada.


Espaço entre o meio fio e a passagem elevada dificulta, por exemplo, passagem de cadeira de rodas, ou pode provocar acidentes.

A Prefeitura de Holambra iniciou em 2015 um projeto de remodelação para uma das principais avenidas da cidade promoveu alterações na Alameda Maurício de Nassau, que ganhou um novo cenário com a construção de passagens elevadas.

De acordo com o Departamento Municipal de Obras e Planejamento, a implantação dessas faixas no local é para garantir mais segurança aos pedestres e ciclistas durante a travessia entre o tráfego de veículos. "A intenção é assegurar condição preferencial de mobilidade a pedestres e ciclistas, garantindo acesso seguro de moradores e turistas aos equipamentos existentes na via", afirmou a diretora do departamento, Elisa Pennings.

Por esse motivo, foi iniciada entre maio e junho deste ano a segunda etapa de remodelação, com a construção de seis novas passagens na Alameda, sendo uma em frente ao ponto de ônibus do Clube Fazenda Ribeirão e uma em frente ao Deck do Amor. As outras quatro ficam na confluência da alameda com as ruas Girassóis, Charles Hogenboon, Primaveras e Campo de Pouso.

Após serem construídas e devidamente pintadas, a altura das passagens e o desnível existente entre as elevações no asfalto e a calçada provocaram questionamentos por parte da população, que aponta dificuldades em passar sobre as faixas com o veículo ou fazer a travessia andando. O site do Jornal da Cidade levou essas questões ao Departamento de Obras e Planejamento da cidade, que prestou esclarecimentos.

De acordo com Elisa Pennings, as obras de nivelação entre as faixas e as calçadas ainda não estão concluídas "O departamento municipal de Obras e Desenvolvimento Urbano e Rural esclarece que as intervenções no calçamento da Alameda Maurício de Nassau ainda não estão concluídas. A empresa contratada nivelará as calçadas conforme estipulado no projeto", esclarece a engenheira.


Já sobre a altura das passagens, a Prefeitura afirma que as elevações no asfalto foram planejadas em nível com as calçadas já existentes na Alameda Maurício de Nassau. "O objetivo da passagem elevada é conectar as 2 calçadas laterais em nível para que a travessia de pedestres e ciclistas seja feita de forma segura e livre de obstáculos. O planejamento foi feito de acordo com o nível das calçadas existentes em ambos os lados.".

O prazo para entrega das obras está estipulado até o final do ano, mas a previsão da Prefeitura Municipal é que a implantação das passagens elevadas seja concluída até o final de setembro.

Fotos: Maria Elisa Moraes/Site JC

#Lombadas #Faixaselevadas #Obras #Altura #Desnível #AlamedaMau #Centro #Holambra #holambrense

11 visualizações