• Da redação

"Mamãe vai virar uma estrelinha" é o novo lançamento da Editora Setembro


Livro holandês, lançado em 18/08, foi traduzido para o português e explica como falar com crianças sobre a morte de pessoas queridas, vitimadas pelo câncer.


A Editora Setembro realizou na tarde da última sexta-feira, 18 de agosto, o lançamento do livro "Mamãe vai virar uma estrelinha", em evento que reuniu autores e convidados no De Klomp Café, em Holambra. A obra é de autoria da holandesa Netty van der Weijden, em conjunto com sua filha Kelly, e traz a público a história verídica de uma família que lidou com o câncer e tentou explicá-lo da melhor forma a uma criança.

Destinado a todas as faixas etárias, mas principalmente às crianças na faixa etária de 3 a 7 anos de idade, o livro emociona. O motivo da idade específica se relaciona com a história de vida de Kelly, que foi diagnosticada com câncer e queria encontrar uma forma de explicar aos filhos, Arwen e Roan, que em breve não estaria mais entre eles, mas o que ambos viveram juntos permaneceria para sempre, assim como as estrelas.


Conforme Maria Gaciene dos Santos, a holambrense que fez s tradução do livro para a língua portuguesa, a ideia surgiu diante da dificuldade encontrada em falar sobre a morte com uma criança e explicar, quando esta ocorre, os motivos pelo qual aconteceu. Um dos objetivos do livro é justamente auxiliar neste diálogo e explicar como, através de história infantil, situações como a de Kelly podem ser enfrentadas pelas crianças.

"Eu sugeri a tradução à Netty porque é muito difícil falar sobre este assunto com uma criança. Parece que é um assunto ruim e pesado, quando, na verdade a morte deveria ser algo natural pra todos nós. O livro ajuda a preparar a criança para o momento que à antecede (a morte) e, posteriormente, quando ela ocorre, porém, de forma adequada para a idade, utilizando imagens e uma linguagem que entre em contato diretamente com a criança e ajude na compreensão. A criança vai ouvir a história como qualquer outra e vai acolhê-la em seu coração da mesma forma", explica a tradutora.


Presente no lançamento junto junto com as filhas, a educadora Fernanda Bonfim, que dá aula ao filho de Maria Gaciene, diz que uma das filhas, Manuela Mazzoni, adorou a história e fala o tempo todo sobre o assunto abordado no livro. "A Manuela adorou a história e ela lê o livro como se fosse qualquer outro, de categoria infantil. Eu também adorei a história, pois acredito que ela seja importante para entendermos o que as crianças sentem e vivem", afirma.


O livro está disponível para compra no site da Editora Setembro (http://editorasetembro.com.br/) pelo valor de R$ 30,00. A arrecadação da versão brasileira terá o mesmo propósito da holandesa: será destinada a instituições que prestam atendimento a pacientes com câncer. Gaciene, já encaminhou exemplares para instituições como Centro Infantil Boldrini, Graac (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer) e Hospital do Câncer de Barretos.



Confira fotos do lançamento:

Fotos: Maria Elisa Moraes/Site JC Holambra.

Para saber mais detalhes sobre as escritoras e suas histórias de vida, acompanhem a matéria completa na edição anterior do JC impresso, clicando no link abaixo:

https://www.jcholambra.com/edicoes-impressas (Acessar a edição 1161, de 10 de agosto/2017).

#EditoraSetembro #Livros #HistóriasdeVida #Holambra #JornaldaCidade #Mamãevaivirarumaestrelinha #Holanda

0 visualização