• Da redação

Receptivos querem intervenção da Prefeitura para melhorar segurança nos passeios rurais


O Comtur – Conselho Municipal de Turismode Holambra terá uma pauta interessante em sua próxima reunião, marcada para 29 de agosto, com participação aberta a todos os interessados: aprovar e levar à Prefeitura a proposta de implantar sinalização especial e alguns obstáculos na estrada rural que liga dois campos de floresum de gérberas e o outro de celosas (flor também conhecida como crista de galo), por serem locais extremamente visitados e incluídos no roteiro básico de visitação de todos os receptivos que atuam na cidade.


A ideia partiu do vice-presidente do Contur e responsável pelo receptivo da empresa Real Turismo, Armando Carrasco. Segundo ele, as melhorias são necessárias não só para valorizar o turismo rural na Cidade das Flores, mas também como forma de garantir mais segurança aos visitantes e aos próprios trabalhadores que atuam no local, uma vez muitos carros passam pela estrada em alta velocidade.

“Por ali trafegam turistas de todas as idades, inclusive crianças e idosos, pois as famílias são a maior parte do público que visita os campos de flores”, explica Carrasco. Dessa forma, para que o assunto seja oficializado e possa ser apresentado à administração municipal como uma bandeira dos receptivos, a proposta será avaliada pelo Comtur, que se reúne toda última terça-feira do mês.

Outra melhoria a ser proposta pelos receptivos é a possível construção de um recuo na estrada, onde os ônibus possam permanecer parados e manobrar na propriedade, para não ter que ir até o final da estrada ou ficar do lado de fora da propriedade, aguardando os visitantes retornarem. Conforme a ideia apresentada por Carrasco, a estrada entre os dois campos de flores teria que receber pequenas lombadas e placas de sinalização, indicando que no local há travessia de pedestres.

O vice-presidente do Contur demonstra entusiasmo com o apoio demonstrado por seus colegas: "Nós, que trabalhamos com receptivo aqui em Holambra, buscamos esta melhoria na área rural para assegurar mais segurança, qualidade no atendimento e melhorar a estrutura em dos locais mais visitados pelos turistas", conclui Carrasco.

Apoio

Para Derci Rocha, responsável pelo receptivo da Theos Turismo, também defende a melhoria na estrada entre os dois campos de flores. Segundo ela, muitos carros e motos passam em alta velocidade pela estrada, mas lembra de um detalhe importante sobre o recuo para os ônibus: por ser uma obra, ainda que pequena, a ser feita numa propriedade rural particular, a competência não seria da Prefeitura, o que exige um acordo entre dono da propriedade e todos os receptivos, que teriam de unir para custear a benfeitoria.

"Sobre a estrada entre os campos de flores, a implantação de lombadas e placas é mesmo uma questão de segurança para os turistas e também para os trabalhadores dessas propriedades, que circulam a pé e até com maquinários naquele trecho da estrada. Sempre que vou com turistas até lá peço para todos aguardarem e olho bem para os lados, para ver se não veículos passando em alta velocidade", conta Derci.

Na opinião de Derci, é necessário, também, que a Prefeitura execute melhorias na estrada que leva ao campo de crisântemos, outro ponto muito procurado pelos turistas em Holambra. A quantidade de visitantes, segundo ela, costuma triplicar na época de realização da Expoflora, em relação ao restante da temporada.

Fotos: maria elisa Moraes (Site JC Holambra)

#Receptivos #TurismoemHolambra #EstradasRurais #CamposdeFlores #RealTurismo #TheosTurismo #SinalizaçãoEspecial

2 visualizações