• Da redação

Professores inciam última etapa do treinamento para ministrar aulas de empreendedorismo


Programa "Jovens Empreendedores: Primeiros Passos" oferecerá aulas voltadas ao comportamento empreendedor para aproximadamente 1.400 alunos.


Professores da rede municipal iniciaram no dia 29 de agosto, na Escola Parque dos Ipês, a última etapa de treinamento do programa "Jovens Empreendedores: Primeiros Passos", que vai permitir que os 1.477 alunos do 1 º ao 9º ano tenham a oportunidade de desenvolver habilidades e comportamentos empreendedores em sala de aula.

A ideia surgiu em 2003 e chegou a Holambra por meio de parceria firmada pela Prefeitura e o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), que fornece o material didático e responde pela capacitação dos profissionais da educação.

Essa, segundo o prefeito Fernando Fiori de Godoy, é uma grande oportunidade para que os estudantes entrem em contato com o tema, reflitam sobre o futuro profissional e despertem a criatividade e o espírito empreendedor. “É uma janela que se abre para que eles possam explorar, através das aulas e da dinâmica estabelecida pelos professores, novas ideias e perspectivas. O trabalho com o Sebrae é uma parceria pelo futuro”, afirma.

Além da atividade de terça, que é presencial, o curso conta com fóruns de discussão e aulas pela internet. Os educadores são orientados a introduzir os conceitos de empreendedorismo nas disciplinas de maneira prática e lúdica, durante a rotina escolar.

“É preciso que o professor tenha uma conduta empreendedora. Muitos precisam resgatá-la. Nosso papel é empoderar esses profissionais para que eles possam conduzir o projeto”, explicou a consultora do Sebrae São Paulo, Ana Maria Brasílio, coordenadora do treinamento. “O professor de matemática vai trabalhar, por exemplo, com formação de preço. O de artes vai auxiliar a confeccionar os itens, o de português a montar a ficha descritiva dos produtos”, pontuou.


A analista de soluções do Sebrae Campinas, Aline de Fátima dos Santos, comenta que o assunto é introduzido aos poucos e a curiosidade é aguçada de acordo com a idade. “É importante que os alunos saibam, desde pequenos, como é abrir o próprio negócio e que tenham ferramentas para vender seus produtos e serviços em qualquer área”.

Durante o trabalho da primeira semana os professores puderam rever o que foi aprendido durante as aulas à distância, tirar dúvidas e experimentar algumas das atividades que vão ser propostas aos alunos. “Poder praticar é muito prazeroso, e a iniciativa é um novo caminho para complementar nosso trabalho. Eu já estou aqui com ideias para desenvolver com os estudantes em classe”, disse o professor Antonio Marcos Nonato de Araújo.

“É uma novidade, uma visão diferente. Já é feito um trabalho bem bacana aqui na rede e isso vem somar. Os alunos são abertos a novidades, são curiosos, se envolvem. Tenho certeza que esse programa vai ser bem recebido”, avalia a professora Rosa Maria Vicente, que ouvia atenta às explicações da consultora do Sebrae.

Passaram pelo curso professores do 1º ao 4º ano. Na quarta-feira (30/08), foi a vez dos profissionais do 5º ao 9º ano participarem da capacitação. A previsão do diretor municipal de Educação, Amarildo Boer, é de que na próxima semana os professores comecem trabalhar o assunto com os estudantes durante o período regular de aulas. No fim do ano os trabalhos desenvolvidos serão apresentados na “Feira do Jovem Empreendedor”.

“Estamos formando cidadãos e queremos que nossos profissionais se encantem com o programa, para então colocar em prática tudo o que está sendo aprendido aqui com nossos alunos. Os educadores estão abraçando essa iniciativa e todos vão ganhar com esse programa inovador para o município”, avalia Amarildo Boer.

Foto: Divulgação - Prefeitura Municipal

#Educação #RedeMunicipal #Holambra #alunos #Holambrenses #JovensEmpreendedores #Aulas #Atividades #SEBRAE

0 visualização