• Da redação

Safra de Primavera: Rocambole de morango!


Decididamente as coisas pelo Brasil não andam nada fáceis. Utilizando uma figura de linguagem, podemos até dizer que “o mar não está para peixe”, assim como o final de inverno não está para o frio e nos prenuncia um verão de arrepiar.

Realmente a sensação é de que tudo está invertido, não apenas os valores morais e a prática básica da honestidade, mas também a natureza, que parece fazer fundo a este enorme e insano descompasso.

A semana foi intensa e repleta de notícias bombásticas, a corte política e empresarial do país nos brinda no dia a dia com situações e fatos tão assustadores que chegam a soar inverossímeis, tamanho o absurdo de suas façanhas.

A capital do Brasil tem se destacado no cenário mundial não mais pela sua arquitetura diferenciada e reconhecida mundo afora, pelas sinuosas curvas de Oscar Niemeyer, e sim pela avalanche diária de destemperos absurdos, que maculam e ferem toda a nação e legitimam o ato ignóbil de mentir como se fosse verdade absoluta.

Mas como que alheia a esta ópera absurda e tragicômica, a natureza nos apresenta uma primavera precoce e deslumbrante, orquestrada por uma sinfonia matinal sem igual, onde os sabiás incham o peito e soltam seu canto único, como que para colocar um bálsamo sobre nossas feridas e nos incentivar a seguir adiante e de cabeça erguida, apesar do mar de lama que aumenta a cada dia.

Esta estação abençoada, caracterizada pela beleza das flores e profusão de perfumes, traz também o ponto alto de uma safra especial: a do morango!

Esta fruta vermelha e deliciosa faz parte do imaginário gustativo da humanidade e seduz não somente pelo sabor especial, mas também pela beleza e pela cor vermelha brilhante, além de ser extremamente refrescante e leve. Ela é perfeita para ajudar na hidratação do nosso organismo nesta época de umidade relativa do ar muito baixa, ocasionada pela falta de chuva.

Eles estão aí por toda parte: nas mãos dos vendedores ambulantes, nas gôndolas dos comércios, prontos para serem consumidos, doces e no ponto de maturação perfeito. Suas formas de preparo são múltiplas, mas para dar um toque de nostalgia e um sabor de aconchego a coluna viaja ao passado e publica uma receita de rocambole.


Este tipo de bolo enrolado já teve seus momentos de glória e hoje anda meio esquecido, no meio de tantas e infinitas novidades. A receita tem preparo fácil e rápido e se propõe a dar um toque doce e abrilhantar o final de semana dos leitores da coluna.

Ingredientes

  • 2 Caixas de morango

  • 4 Ovos

  • 2 ½ Xícara chá de açúcar

  • 10 mililitros de água

  • 70 gramas de farinha de trigo

  • margarina ou manteiga sem sal, o suficiente para untar uma forma

  • açúcar suficiente para polvilhar a massa

  • Papel manteiga

  • chocolate ao leite derretido para decorar (opcional)

PREPARO:

Lave bem os morangos, retire os talinhos e as folhas e corte as frutas em pedaços. Coloque os morangos cortados em uma panela com 1 e 1/2 xícara e meia de açúcar e a água. Deixe cozinhar em fogo baixo em torno de 20 minutos, até formar uma geleia. Deixe esfriar e reserve.

Ligue o forno a 200°C. ou na graduação média e comece então a preparar o rocambole. Unte uma forma retangular com a margarina e forre com o papel manteiga, também untado.

Bata os ovos na batedeira, com a xícara de açúcar restante, até a mistura ganhar bastante volume, ficar bem fofa e aerada. Reduza a velocidade da batedeira, junte a farinha de trigo aos poucos e bata até ficar uma massa homogênea.

Despeje a massa na forma e leve ao forno por cerca de oito minutos ou até ficar levemente dourada. Tire a massa do forno em seguida e espere amornar para desenformar, o que deve ser feito com calma, pois a massa é muito leve e delicada.

Para facilitar o processo. Salpique açúcar sobre o rocambole e vire sobre um pano de cozinha. Em seguida, sempre com cuidado, retire o papel manteiga. Cubra o bolo com a geleia de morango e enrole o rocambole com o auxílio do pano.

Leve à geladeira. Se quiser, decore o rocambole com chocolate derretido na hora de servir.

RENDIMENTO: 15 Fatias!

ACOMPANHAMENTO: Café, chá, sucos, espumante, vinho do Porto!

Também fica delicioso se servido com sorvete: coloque em um prato uma fatia de rocambole e, ao lado, uma bola de sorvete de creme ou baunilha.

DICA: A geleia de morango também pode ser substituída por morangos frescos, daí utilize como base o chantilly ou doce de leite, mas fique atento para o consumo, pois com a fruta fresca estraga mais rápido.

NOTA: Os benefícios do morango são diversos, pois ele possui uma grande quantidade de nutrientes essenciais para a saúde geral do corpo.

O morango é uma rica fonte de Vitamina C e flavonoides. Além disso, os morangos fornecem uma grande quantidade de nutrientes, tais como o Cálcio, Ferro, Magnésio, Fósforo, Potássio, Sódio, Zinco e Cobre, que atuam como poderosos anti oxidantes.

Saudável e saboroso!

#Rocambole #Morangos #ReceitasCulinárias #Primavera #Alimentosaudável #Vitaminas

20 visualizações