• Da redação

Esquema de segurança funciona e PM não registra ocorrências decorrentes da Expoflora


De acordo com o 3º Sargento Adriano Souza, responsável pela base da PM em Holambra, não houve sequer um furto de veículo no entorno da exposição.


Nova viatura utilizada no policiamento preventivo (foto) ajudou a reforçar vigilância durante a Expoflora; PM local comemora inexistência de ocorrências graves e furtos de veículos.

A Polícia Militar de Holambra considera que cumpriu sua missão de garantir a segurança e a tranquilidade durante a Expoflora, que atraiu cerca de 320 mil visitantes. De acordo com o 3º Sargento PM Adriano Souza, responsável pela base operacional da cidade, não houve registro de furto de veículos este ano e nenhuma ocorrência grave aconteceu no recinto da exposição e em seu entorno.

Na edição passada, conforme números apresentados pela corporação, 5 veículos foram furtados, sendo dois deles no estacionamento do Espaço Ypê e três do lado de fora, ou seja, no entorno. Em entrevista concedida ao site do Jornal da Cidade, cerca de um mês antes do evento, o comandante da PM holambrense havia dito que a expectativa era reduzir este número.

Para o Sargento PM Adriano, um dos principais motivos para coibir a prática de crimes este ano foi o patrulhamento conjunto entre as forças de segurança - PM, Guarda Municipal e Polícia Civil de Holambra - que receberam o reforço de forças policiais como Força Tática e ROCAM, além de policiais deslocados de cidades próximas, como Mogi Mirim e Mogi Guaçu.

Reunindo a PM de Holambra e os demais reforços, A Expoflora somou 172 policias distribuídos durante o evento. Esse contingente, conforme o Sargento PM, foi condizente com a expectativa do público que compareceu à festa. "A união entre Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Municipal foi um fator definitivo para a coibição de furtos, principalmente fora da Expoflora", disse.

De acordo com o PM, assim como nas outras edições, não foram registradas ocorrências como agressões ou desacatos. "Não é comum haver confusões e brigas na Expoflora, pois é uma festa de gente ordeira", afirmou. Houve também uma redução no número de ocorrências dentro do espaço como furtos de celulares e documentos pessoais que, segundo Adriano, são comuns devido à maioria das vítimas esquecerem estes objetos em algum local. Apenas três ocorrências deste tipo foram registradas em delegacias próximas este ano, sendo que na edição passada houve 11 delitos desse tipo.

Ações preventivas

Para o sargento, outras duas importantes ações colaboraram para que não houvesse delitos mais graves durante a Expoflora: a prisão do responsável pelos furtos de motos Harley-Davidson, em 24 de julho, e a chegada de uma nova viatura para a Polícia Militar da cidade. "

A solução do caso Harley-Davidson colaborou muito para que não ocorressem furtos desta natureza, visto que a ocasião seria ideal para a prática de crimes como este, devido ao grande número de visitantes que a exposição atrai", disse. "A nova viatura também chegou em boa hora, pois são nas duas últimas semanas que o evento atrai mais pessoas. Sendo assim, poder contar com mais uma viatura para o patrulhamento também fez diferença", completou.

-Saiba mais sobre o caso Harley-Davidson e a chegada da nova viatura acessando as matérias abaixo:

+ Polícia prende ladrão de motos e esclarece roubo à agência do Banco do Brasil

+ Polícia Militar de Holambra recebe nova viatura

Cambistas

No segundo domingo de Expoflora, a repórter do site do JC Holambra, Maria Elisa Moraes, foi abordada junto com seu namorado por um suposto "fiscal", que os questionou sobre uma possível venda irregular de ingressos. Após se apresentar como repórter, Maria Elisa foi informada que a abordagem visava esclarecer uma denúncia sobre um indivíduo que dirigia uma moto preta que, supostamente, estaria vendendo ingressos no entorno do evento.

Questionado a respeito, o Sargento PM Souza alegou que não foram registradas denúncias oficiais sobre possíveis cambistas, mas afirma que, geralmente, vendedores ambulantes que atuam próximo ao parque da Expoflora costumam notificar a polícia sobre possíveis ilegalidades desse tipo.

#SegurançaemHolambra #Holambra #Holambrenses #Patrulhamento #Expoflora #Ocorrências

8 visualizações