• Da redação

Venda de flores em Finados deve crescer 8%


Data aquece mercado de flores e plantas e prepara o segmento para comemorações de fim de ano.


A Cooperativa Veiling Holambra está otimista com as vendas de Finados e prevê um crescimento em torno de 8% em relação ao faturamento registrado no mesmo período em 2016. Entre as flores preferidas, estão crisântemos, kalanchoes e lírios.

Segundo o departamento comercial, a instabilidade econômica não deve afetar o desempenho do setor. Esta expectativa de crescimento, contrapondo diversos segmentos comerciais, se deve principalmente ao volume cada vez maior de produtos ofertados que tem como diferencial um maior valor agregado.

Mesmo não estando relacionadas diretamente a esta data, diversas variedades acabam tendo suas vendas impulsionadas, como é o caso das orquídeas e plantas ornamentais, entre outros produtos. “O consumidor vai em busca do produto para homenagear seu ente querido, no entanto acaba se interessando por outros produtos e adquirindo-os para compor seu jardim ou decorar sua casa ou ambiente de trabalho”, disse. Rachel Ferreira Osório, gerente comercial da CVH.

Rachel avalia que em vista do vem acontecendo nos últimos anos, distribuidores e redes de autosserviço procuram fazer suas negociações antecipadas para garantir o abastecimento de lojas, gardens e pontos de venda, oferecendo produtos de qualidade e preços atrativos para seus clientes. O período de Finados é um dos mais relevantes para o segmento de flores e plantas, ficando atrás somente do Natal e Dia das Mães.

Foto: Cooperativa Veiling Holambra

#Vendadeflores #Finados #Holambra #Mercadodefloreeplantas #Velling #Faturamento #Comérciodeflores

0 visualização