• Da redação

Empresa em Holambra tem servidor invadido por hackers


Na última segunda-feira, 06 de novembro, a empresa holambrense Holamaq Blueburner, localizada no bairro Imigrantes, foi vítima de uma extorsão através hackers que invadiram seu servidor. De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado, o crime ocorreu por volta das 02h da madrugada. 


T.S.J. (31), representante da Holamaq Blueburner, foi quem compareceu na Delegacia para registrar o B.O. Segundo ela, ao chegar na empresa logo pela manhã do dia 07 de novembro, foi informada por um dos funcionários de que os computadores não estavam funcionando corretamente e de que o servidor, responsável pelo armazenamento das informações da empresa, não estava “logando”.

Logo após a notícia, em contato com os supostos autores do crime, recebeu o e-mail de uma pessoa que se identificava por John Johnson, o qual exigia U$D 4.000,00 (quatro mil dólares) em bitcoins em troca da chave que desbloquearia as informações criptografadas

De acordo com a representante da empresa, na data dos fatos, segundo o relato da pessoa responsável pela área de informática, o servidor foi invadido e sequestrado mediante utilização de criptografia dos dados ali contidos. Uma prática que, segundo ela, é popularmente conhecida pela utilização “ransonware” para a infecção de computadores.

Segundo o B.O. registrado, o valor do prejuízo ainda não pode ser calculado pois, no servidor, estavam armazenados anos de trabalho, projetos de máquinas e peças e muito mais.

Foto: Divulgação/Internet.

#hackers #Holambra #Imigrantes #Extorção #Invasãodeservidor #BoletimdeOcorrência #CrimesemHolambra #Criptografia

10 visualizações