• Da redação

Governador assina decreto que viabiliza criação de Bombeiros Civis Voluntários em Holambra


Cidade é pioneira na iniciativa, que ajudará a reduzir os danos de uma ocorrência de grandes proporções


Criação do grupo de Bombeiros Civis Voluntários foi oficializada em encontro do prefeito Fernando Fiori de Godoy com o governador Geraldo Alckmin. Foto: Divulgação

O prefeito Fernando Fiori de Godoy participou nesta terça-feira (12/12) da assinatura de decreto que regulamenta o Sistema de Atendimento de Emergências no Estado de São Paulo, permitindo formalmente a criação do grupo de Bombeiros Civis Voluntários de Holambra. A nova legislação possibilita aos bombeiros militares formarem grupos integrados com outras entidades - particulares e voluntárias - com o objetivo de expandir o serviço de prevenção e combate a incêndios, catástrofes e emergências em todo o território paulista.

A medida adotada pelo governo estrutura a atuação dos bombeiros e torna possível a integração de esforços com prefeituras, empresas e voluntários (no caso de municípios com população inferior a 25 mil habitantes). Esse processo se dará mediante a celebração de convênio com as cidades - o que já foi feito com Holambra, pioneira nessa iniciativa, em junho do ano passado.

“Quero dar os parabéns ao Dr. Fernando pela inovação, pela iniciativa, pela vanguarda. E cumprimentar Holambra. Esse convênio é muito importante, é o primeiro. Nós teremos os bombeiros civis, mas com toda a supervisão e toda a qualificação do Corpo de Bombeiros”, afirmou o governador Geraldo Alckmin.

O decreto é considerado vital para reduzir os danos de uma ocorrência de grandes proporções, pois também determina como funcionará a estrutura nas cidades, de acordo com a população, a alta incidência de ocorrências e as regiões de riscos específicos.

“Nosso Corpo de Bombeiros tem profissionalismo, capacitação, tecnologia, equipamento e inteligência reconhecidos internacionalmente”, afirmou o governador. “Nós precisamos expandir este bom trabalho. E também não justifica você ter em municípios menores uma estrutura tão grande. Este modelo é usado em países como os Estados Unidos”.


"Trabalhamos insistentemente nesse projeto desde 2015, alinhando detalhes e discutindo alternativas junto ao Corpo de Bombeiros e ao Governo do Estado", disse o prefeito. Foto: Divulgação

De acordo com Dr. Fernando, que foi a São Paulo acompanhado pelo vice-prefeito Fernando Capato, por diretores municipais e por integrantes da Associação de Bombeiros Civis Voluntários de Holambra, Holambra será a primeira cidade paulista beneficiada pelo decreto.

“Trabalhamos insistentemente nesse projeto desde 2015, alinhando detalhes e discutindo alternativas junto ao Corpo de Bombeiros e ao Governo do Estado. A assinatura desse decreto é também uma vitória da nossa cidade”, destacou.

Em outubro desse ano, 24 civis holambrenses concluíram o treinamento necessário para a atividade de bombeiros voluntários. Na ocasião, a ação foi elogiada pelo capitão Alexandre Riquena Costa, do quartel de Mogi Guaçu, que destacou o que entendia ser um projeto “de visão” do prefeito. Servidores que integram o efetivo da Guarda Municipal também realizaram treinamento ministrado pelo Corpo de Bombeiros.

A cooperação com o Estado prevê, entre outras coisas, a cessão por parte do Estado de equipamentos e caminhão de combate a incêndios.

#holambra #BombeirosCivis #CorpodeBombeiros

14 visualizações