• Da redação

Nutricionista dá dicas para evitar os exageros das ceias


Trocar o pernil pelo peixe? Tem sobremesa saudável? Com tantas tentações no final do ano, vale a pena comer com moderação para aproveitar as ceias

A regra é clara para as ceias de final de ano: evite os exageros. A recomendação é da nutricionista Daiane Minichiello Fontana, de Artur Nogueira. Ela explicou que uma boa dica é fazer um prato de salada colorida, que contenha verduras, legumes, cereais e carne. Assim, ao se aproximar de uma mesa, é fundamental não abusar e as gorduras e frituras devem ser evitadas ou consumidas de forma reduzida.

O Jornal da Cidade entrevistou a nutricionista e trouxe dicas para os leitores degustarem todas as delícias da época, mas com moderação.

JC Holambra: Quais os cuidados com a alimentação nestes dias de festas?

Daiane: Em primeiro lugar, deve-se evitar os exageros. No momento da ceia, faça um prato de salada colorida e coma à vontade, pois as fibras das hortaliças trazem saciedade. Evite repetir a refeição. Um prato que contém verduras, legumes, cereais e carne é o suficiente para manter uma alimentação equilibrada e saciar a fome. Outra dica valiosa é não deixar de fazer todas as refeições do dia nos horários habituais, evitar beliscar os alimentos durante a preparação da ceia e drinques, pois serão calorias a mais que serão ingeridas.


JC Holambra: Algum alimento deve ser evitado?

Daiane: Devem ser evitados os alimentos gordurosos. Dê preferência a carnes magras, assadas ou grelhadas, como aves sem a pele ou peixe.

JC Holambra: Como afastar a má digestão?

Daiane: Não existem alimentos exclusivamente indigestos para todas as pessoas, cada caso é um caso. Porém, há algumas razões para a má digestão: a forma como o alimento é consumido, a quantidade de líquidos ingeridos durante a refeição e doenças relacionadas ao aparelho digestivo. Existem alguns alimentos que podem ser evitados, como frituras em geral e alimentos gordurosos em exagero, que sobrecarregam o estômago e causam azia e refluxo ácido.

JC Holambra: Quais as precauções para evitar intoxicação alimentar?

Daiane: Deve-se ter muito cuidado na hora de lavar os alimentos, no manuseio e armazenagem das comidas, não se esquecendo da higienização das mãos antes das refeições ou qualquer tipo de contato com a comida. Prestar muita atenção com a contaminação cruzada, uma dica é não utilizar o mesmo utensílio para várias preparações sem a devida higienização. Por exemplo: cortar carnes e utilizar a mesma faca e tábua para cortar legumes.

JC Holambra: Na ceia, de uma forma geral, pode-se comer de tudo?

Daiane: Se for para provar de tudo na ceia, que seja uma quantidade mínima de cada opção. JC Holambra:

Como deve ser feito o consumo das bebidas alcóolicas?

Daiane: Deve-se ter uma atenção com as bebidas alcoólicas, afinal, o álcool tem 7 kcal por grama. Ou seja, quanto maior o teor alcóolico, maior as calorias. Mas para quem não abre mão de um drinque, principalmente na hora de fazer um brinde com familiares e amigos, as sugestões são champanhe, que é uma das bebidas com álcool menos calórica e, o vinho, que possui propriedades saudáveis na sua composição. Beba com moderação.

JC Holambra: O que seria uma mesa ideal para uma ceia de natal?

Daiane: Para quem deseja ter uma ceia deliciosa, mas não abre mão de uma alimentação saudável, a minha dica é fazer adaptações. Que tal substituir o arroz branco pelo integral e ainda colorir com pedaços de vegetais e castanhas? Gergelim e semente de girassol também ajudam a compor este prato. E a tradicional farofa? Pode-se substituir a farinha, parcial ou totalmente, por aveia. E em vez do bacon, coloque milho, ovo cozido, cebola, alho e cheiro verde. Fuja dos temperos industrializados. Abuse dos temperos naturais como: ervas aromáticas, tomate, pimentão e pimenta. Para o prato principal, exclua o gorduroso pernil e dê preferência a peixes e aves como peru, chester ou tender, que tem menos gordura. Opte por carnes assadas ou grelhadas e retire a pele. Evite os molhos à base de maionese, prefira os que sejam de iogurte, limão ou frutas. E por falar em frutas, de preferência para as frescas, da estação. Já no caso dos doces, fuja dos que contém leite condensado, creme de leite e chantilly, a melhor dica é preferir as sobremesas a base de frutas, como sorvetes e gelatinas (que podem ser preparadas com frutas frescas).

#holambra #natal #gastronomia

10 visualizações