• Da redação

Fim de ano com formatura, viagem e inscrições abertas


Este ano foram 105 formandos; APB encerrou atividades com viagem de confraternização na última quarta-feira


Na última semana, 105 jovens holambrenses participaram da formatura da Associação Príncipe Bernardo (APB). Alguns deles receberam sete certificados: um para cada curso gratuito concluído este ano.

No ano passado, foram cerca de 90 formandos e, no anterior, um pouco menos. Este aumento gradual, avalia a gerente geral da APB, Ivonete Fernandes de Almeida, reforça a qualidade dos cursos e, também, reflete a crise. “Os pais fizeram cortes e, neste processo, conheceram a APB. Buscamos, a cada ano, diversificar os cursos, sempre atentos à realidade de Holambra e interesse de nossos jovens”, disse.

Este ano foram ministrados onze cursos no Programa de Desenvolvimento Individual (PDI-1), todos gratuitos, entre eles informática, culinária, artes, esporte, inglês, cotidiano do trabalho e empreendedorismo social. Na mesma linha, mas em nível mais avançado, o PDI-2 contou com inglês, informática e empreendedorismo social, além de esportes, auxiliar de confeiteiro e desenhos e caricaturas.

Ivonete lembrou que manter o PDI exige trabalho de toda a equipe, uma vez que para garantir a gratuidade dos cursos é preciso muito trabalho durante o ano inteiro: tem o restaurante que funciona na época da Expoflora, os bazares, o bingo de Páscoa, e o complemento da renda vem do aluguel das salas. “É uma grande luta, mas quando vemos 105 jovens recebendo certificados de conclusão de cursos, sentimos muito orgulho. Chegam tímidos, no início do ano, e vão ganhando confiança. Conseguem ótimos resultados com os professores e, assim, o nosso projeto cresce a cada ano e, mesmo com toda luta, alcançamos sempre o nosso objetivo que é tirar esses jovens da ociosidade, dando-lhes a oportunidade de se prepararem para o primeiro emprego e, principalmente, orientando-os para que sejam adultos de boa índole, pois só assim construiremos uma sociedade melhor”, avaliou Ivonete.

Dos 105 formandos, três alunos receberam sete certificados e a cerimônia reuniu cerca de 300 pessoas. Nycolas Marchetti de Campos, de 15 anos, fez sete cursos e citou, entre os preferidos, empreendedorismo social. Disse que “aprendeu muitas coisas novas” e recomenda a APB para os amigos. Outro fator positivo foi ter ampliado o círculo de amigos. Marcela, mãe de Nycolas, disse que se surpreendeu com o emprenho do filho e pontuou que optou pela APB porque, este ano, não poderia pagar por cursos particulares e a entidade conta com pessoas responsáveis, que buscam um futuro melhor para os jovens holambrenses. “Estou feliz com o resultado”, completou.

Viagem

Para fechar o ano, a APB sempre presenteia os jovens com uma viagem. Este ano, eles foram para a Fazenda Morro Pelado, em Águas de Lindóia, na última quarta-feira. “É um dia de recreação, com tudo incluso, desde alimentação (café da manhã, almoço e café da tarde) até transporte. E gratuito. São muitas brincadeiras e é uma forma de todos se confraternizarem em um local diferente”, completou, ao citar que 80 jovens participaram da viagem.

Ivonete agradeceu a confiança de todos os pais, o empenho da equipe da APB e o apoio da Prefeitura, que contribuiu com o transporte dos jovens aprendizes.

Inscrições para PDI estão abertas

As inscrições para o PDI já estão abertas: podem se inscrever jovens a partir de 14 anos (completos até 31 de janeiro) e idade limite de 17 anos.Os interessados precisam estar matriculados numa escola regular e a inscrição é feita na secretaria na APB (na Alameda Maurício de Nassau, 427, até dia 26 de janeiro, mas a APB entrou em recesso ontem, dia 21, e retorna dia 8 de janeiro). É preciso apresentar cópias da certidão do nascimento, de comprovante de residência, do RG e CPF (pode ser protocolo), uma foto 3x4 e declaração (original) de matrícula escolar.Todos os cursos são gratuitos, no horário inverso ao ensino regular. O aluno, uma vez matriculado, pode ficar na APB até completar 18 anos.

#holambra #educação

7 visualizações