• Da redação

Holambra ‘salva’ Réveillon na região


Municípios vizinhos não organizaram evento oficial no dia da virada e cidade das flores recebeu 4 mil pessoas


Sem festa oficial nas cidades vizinhas, Holambra recebeu muitos visitantes e turistas no evento da virada, realizado no sábado (30) e no domingo, na rua coberta. Segundo a Prefeitura, cerca de 4 mil pessoas marcaram presença na comemoração da chegada do novo ano.

A música ao vivo e os fogos levaram alegria ao público, composto inclusive por turistas, que saíram de São Paulo para prestigiar a festa e aproveitar o feriado prolongado. A presença maciça causou filas nos recém-inaugurados containers de alimentação, que ficam em frente ao ginásio municipal.

O sertanejo universitário tomou conta do local, no primeiro dia, as duplas Thomaz Henrique e Gustavo, de Engenheiro Coelho, e Renan e Luciano, de Artur Nogueira animaram a noite de mais de mil pessoas. No domingo, foi a vez dos holambrenses fazerem a festa para cerca de 3 mil visitantes, João Vitor e Willian abriram as apresentações e após a queima de fogos, com duração de 10 minutos, os irmãos Bruno e Gustavo agitaram o evento até as 2h30 da manhã.


Presente na contagem regressiva, o prefeito Fernando Fiori de Godoy destacou que o ano de 2017 foi de muitas conquistas para a cidade e ressaltou que muito trabalho e muitas realizações estão por vir nesse ano que se inicia. “Quero agradecer a presença de cada um, essa festa grandiosa foi preparada ao longo dos dias com muito carinhos para vocês, um feliz ano novo e que 2018 possa ser ainda melhor para todos.”

Acompanhada por amigos, a moradora de Mogi Mirim Carol do Prado aprovou a festa. “Foi a primeira vez que passo o Réveillon em Holambra, o espaço é lindo e as atrações estão demais, com certeza será a primeira de muitas” disse.

Nascido e criado em Holambra, José Carlos Silva que comparece a comemoração pelo quarto ano consecutivo elogiou a organização e destacou: "A Prefeitura caprichou ainda mais esse ano, eu, minha esposa e meu filho adoramos a queima de fogos, foi tudo muito colorido,” comentou. “Venho em todos as festas aqui, principalmente quando tem Bruno e Gustavo, eles cantam demais, espero que em 2018 tenham muitos eventos de graça pra gente aproveitar,” completou.

Sem festa

Em Jaguariúna, não houve festa oficial na virada do ano por causa de “contenção de despesas”, segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura. Artur Nogueira e Santo Antônio de Posse também informaram que não foi programado nada oficial para essa época do ano.

#holambra #anonovo

106 visualizações