• Da redação

Instabilidade pode comprometer potencial produtivo das plantas



Para a primeira semana do ano, a previsão é de que novas pancadas de chuva ocorram em grande parte do Brasil, já que áreas de instabilidade associadas à passagem de uma frente fria irão manter o tempo instável desde a região norte do Rio Grande do Sul até o sul do Piauí e do Maranhão.

Com isso, os níveis de umidade continuarão adequados ao desenvolvimento das lavouras, não sendo observada alguma anomalia que possa comprometer o potencial produtivo das plantas. Entretanto, vale salientar que os vários dias consecutivos de tempo nublado e baixas taxas de radiação solar poderão trazer algum impacto ao potencial produtivo. Mas, de antemão, a perspectiva ainda continua sendo de safra cheia para o Brasil nessa safra 2017/18.

As últimas duas semanas de dezembro foram marcadas por chuva em grande parte do Brasil, desde o Rio Grande do Sul até o Pará. Elas possibilitaram a manutenção da umidade do solo, garantindo condições razoáveis ao desenvolvimento das lavouras. Porém, em algumas regiões, como o Sudeste e Centro-Oeste, chuvas mais regulares e ininterruptas atrapalharam o pleno andamento dos tratos culturais e, consequentemente, o plantio do algodão.

Além disso, tais condições climáticas se mantiveram extremamente favoráveis à proliferação de doenças, uma vez que o número de focos se elevou nesse período. Dessa forma, são pouquíssimas as áreas no Brasil que apresentam problemas no desenvolvimento de suas lavouras.

Temperaturas

As temperaturas continuarão dentro da média, porém, com o tempo mais nublado, as máximas não devem subir tanto ao longo da semana. Isso vai ajudar a manter uma boa amplitude térmica e favorecer o desenvolvimento das lavouras.

Tendência

A tendência para a primeira quinzena de janeiro é de chuva em grande parte do país. Apesar de ela ainda ocorrer na forma de pancadas, espera-se que não ocorram longos períodos de estiagem em nenhuma Região a ponto de impactar negativamente o desenvolvimento das lavouras e, consequentemente, o potencial produtivo das plantas. Os próximos dias continuarão sendo bem favoráveis à produtividade, bem como à realização dos tratos culturais.

Fonte: Climatempo\agroclimapro

#holambra #agropecuária

6 visualizações