• Da redação

Servidores e voluntários se unem em Mutirão contra a Dengue



A fim de envolver a comunidade e mobiliar a população contra a proliferação do mosquito transmissor da dengue, zika, chikungunya e, possivelmente, da febre amarela, cerca de 30 servidores municipais e voluntários participaram na manhã do último sábado, 27 de janeiro, do 3º Mutirão Regional de Combate ao Aedes Aegypti. A ação percorreu os bairros Jardim das Tulipas e Groot, próximos à região central da cidade.

Moradora da Rua Hibisco, no bairro Jardim das Tulipas, Fátima dos Santos explica que ela e seus filhos estão sempre atentos para não correr nenhum risco. “Nem sempre os vizinhos colaboram, mas a verdade é que precisamos nos unir para vencer essa luta”, disse. “Toda semana eu olho cada cantinho do quintal para não deixar passar nada. Já tive dengue e não desejo isso pra ninguém”.

O mutirão do último sábado foi idealizado pela EPTV Campinas, afiliada da Rede Globo na região, e movimentou, além de Holambra, outras 316 cidades da área de cobertura da emissora.

A Cidade das Flores registrou em 2017 apenas um caso de Dengue – número que, segundo o diretor municipal de Saúde, Valmir Marcelo Iglecias, reforça a importância da prevenção e do trabalho permanente dos agentes comunitários e da população.

“O setor de vigilância em saúde trabalha durante todo o ano com ações preventivas, orientação e visitas casa a casa. Esse cuidado, somado à participação das pessoas no combate diário a possíveis focos do mosquito, faz toda a diferença”, explica.

Nenhum caso de dengue, zika, chikungunya ou febre amarela foi registrado em Holambra esse ano. Para evitar criadouros, a orientação é evitar o acúmulo de água parada em recipientes – incluindo caixas d’água, que devem ser tampadas, e piscinas, que devem ser limpas regularmente.

S


#Mutirãocontraadengue

2 visualizações