• Da redação

Campanha da Fraternidade 2018 discute a violência



A Quarta-feira de Cinzas marcou o início da Campanha da Fraternidade, que neste ano tem como tema a “Fraternidade e superação da violência”. O tema do movimento é: “Em Cristo somos todos irmãos” (Mt 23, 8).

No dia 9 de dezembro, na sede da Conferência Nacional dos Bispos (CNBB), em Brasília, o assunto violência foi abordado, refletido e aprofundado por todas as Comissões Episcopais da Entidade e representantes de diversos segmentos da sociedade civil que trabalharam diretamente com a temática.

O Bispo Dom Leonardo destacou que a violência está presente em vários segmentos da sociedade. Seja na rua, dentro de casa, pela condição social, pelo gênero, nos meios de comunicação e até na intolerância das palavras. “Toda violência exclui, toda violência mata”.

O sacerdote Antônio Xavier Batista analisou o significado do tema e refletiu a temática a partir do livro de Jonas. “Escolhi esse texto porque nele é possível encontrar vários elementos que ilustram os vários tipos de violência vividos pelo povo”.

Antônio finalizou dizendo que se entende por violência qualquer ação contra a vida ou a sociedade que possa causá-las prejuízo ou destruí-las por completo. A Escritura conhece duas formas de violência: uma injusta (fruto da injustiça dos homens) e outra “justa” utilizada por uma causa justa ou por fim nobre como é o caso da legítima defesa.

Fonte: www.campanhadafraternidade.com.br

#Católicos

0 visualização