• Da redação

Febre Amarela: Saúde distribuirá senhas às quintas-feiras



Medida visa evitar fila de madrugada; aplicação será mantida às sextas-feiras

A partir da próxima semana, o Departamento Municipal de Saúde mudará a forma de distribuir senhas para os holambrenses que procuram pela vacina contra febre amarela: será sempre nas tardes de quinta-feira, das 13h às 17h, presencialmente, no Setor de Vigilância Sanitária (localizado no prédio da Prefeitura). A aplicação continuará nas manhãs de sexta-feira, no Setor de Vacinas, na Policlínica.Até esta sexta-feira, a distribuição de senhas foi feita no mesmo dia, o que tem levado, nas últimas semanas, à formação de filas já na madrugada de sexta. Segundo o departamento, a mudança foi motivada pelo volume de pedidos feitos pelos moradores, os quais sugeriam a reavaliação desse sistema.Outra mudança refere-se ao número de doses. Holambra recebeu do Governo do Estado, até a semana passada, 30 doses semanais da vacina. O número de doses foi ampliado para 50 essa semana, a partir de solicitação feita pela Prefeitura ao Departamento Regional de Saúde VII (Campinas).Como recebe doses apenas uma vez por semana, às quintas-feiras, o departamento centraliza a vacinação às sextas-feiras para evitar desperdício: o frasco, uma vez aberto, deve ser utilizado imediatamente. Por esse motivo, reforçou o departamento, o atendimento é feito em um único dia, de maneira concentrada.O departamento reforçou que a vacina é recomendada às pessoas com viagem marcada para áreas de risco, principalmente em regiões com mata fechada. Desatacou ainda que a vacina garante a imunização “para o resto da vida”, exceção feita àqueles que tomaram a dose fracionada em outras cidades contempladas pela recente campanha de vacinação do Governo do Estado.

Este ano, de janeiro até a última sexta-feira, dia 16, foram imunizados 319 holambrenses. No ano passado, nos dois primeiros meses foram feitas 221 vacinas. De janeiro de 2017 até 16 de fevereiro desse ano já foram aplicadas 1310 doses contra febre amarela.

Redes sociais

No último dia 16, um cidadão holambrense comentou, nas redes sociais, sobre um episódio que teria acontecido na madrugada daquele dia: que um amigo, ao ir até a Policlínica de madrugada (por volta das 4h) para tentar ser vacinado contra a febre amarela, já encontrou uma pessoa distribuindo senhas. Segundo relato, esta pessoa teria feito senhas de próprio punho e guardou mais duas para seus familiares (para os quais ligou apenas as 6h30, tirando o lugar de outras pessoas que foram até o local mais cedo). O cidadão chegou a sugerir que as senhas fossem distribuídas um dia antes, medida que o departamento adotará a partir da próxima quinta-feira.Questionado sobre o fato, a Assessoria de Imprensa da Prefeitura informou que “em hipótese alguma senhas confeccionadas por pessoas estranhas ao departamento são utilizadas para obtenção de vacinas. Somente senhas distribuídas por funcionários da Policlínica Municipal eram aceitas”.

#febreamarela

3 visualizações