• Da redação

Iniciadas as obras do tratamento de esgoto do Camanducaia



O prefeito Fernando Fiori de Godoy esteve na manhã de ontem no bairro Camanducaia para acompanhar de perto o início das obras da primeira estação compacta de tratamento de esgoto do bairro. Acompanhado por vereadores e pela diretoria da concessionária Águas de Holambra, responsável pela execução do serviço, ele sancionou a Lei Municipal nº 921/2018, que permitiu a desafetação de área para a construção do sistema.

A etapa inicial, já em andamento, prevê a instalação da rede coletora – processo que deverá ser concluído em até dois meses. A implantação do sistema de tratamento, por sua vez, aguarda emissão de licença ambiental pela Cetesb. Uma vez concluída, a unidade com capacidade para tratar até 200m³ de efluentes por dia, funcionará em área de 1.850m².

A unidade irá operar por meio de reator biológico de contato, conhecido como biodisco. O modelo, proveniente de tecnologia holandesa, funciona através da rotação de discos que geram o oxigênio necessário para que as bactérias realizem o tratamento e façam a conversão da matéria orgânica.

“Essa é uma conquista histórica para os moradores do Camanducaia que há mais de 25 anos esperam por investimentos em esgotamento sanitário”, conta Dr. Fernando. “É uma melhoria com impactos diretos na saúde e na qualidade de vida dos residentes do bairro. E com reflexos positivos no que diz respeito à preservação ambiental”.

Atualmente, 81 chácaras e propriedades do bairro despejam o esgoto gerado em fossas sépticas ou a céu aberto. O tratamento levará a essas pessoas uma solução mais adequada e eficiente.

O aposentado José Célio Ceconeli é proprietário há 33 anos de chácara próxima ao local em que a estação será construída – e está vivendo lá com a esposa há dois meses, vindos de Campinas. Ele se disse contente com o investimento. “A gente fica feliz por isso porque a gente estava aguardando essa melhoria para o bairro, né? E a gente está vendo que vai acontecer”, disse. “Para a gente que mora aqui vai ser muito bom. Eu acho que isso aí é muito bom para o meio ambiente, vai eliminar fossa, vai fazer um tratamento. Eu acho muito importante para o ser humano e para a população daqui”.

De acordo com o presidente da Águas de Holambra, Fernando Humphreys, a concepção da estação permite a preservação do ecossistema local. “E é um importante avanço no setor de saneamento básico”, concluiu.




#BairroCamanducaia

0 visualização