• Da redação

“O voluntariado é uma oportunidade excepcional para a prática do bem e da solidariedade”, diz veread



Em sessão solene na última segunda-feira (26), a Câmara Municipal de Holambra realizou uma homenagem aos 40 anos do curso de gestantes da cidade. Além da Presidente da casa, Naira Regitano Hendrix, a tribuna foi usada por demais vereadores e convidados. Para a vereadora Jacinta van den Broek Heijden, ser voluntário é muito mais que oferecer parte de seu tempo e olhar para a necessidade do outro, vai além das expectativas do ser humano e o coloca em destaque, tanto para quem doa, tanto para quem recebe. “O voluntariado é uma oportunidade excepcional para a prática do bem e da solidariedade”, definiu.

O Curso de Gestantes atualmente é composto por 18 integrantes. O grupo conta com 40 anos de atividade e já atendeu mais de 1819 gestantes no município de Holambra, por meio de palestras e cursos práticos de higiene e cuidados com o bebê. Para Jacinta, Holambra é um município diferenciado, pois, conta com inúmeros grupos de voluntariados, sem contar as formas individualizadas de voluntariar. “O voluntário é um guerreiro silencioso que não busca fama, dinheiro ou oportunidade de riquezas, apenas dá o que tem de melhor”, acredita.

ONU e CF

"O voluntário é o jovem ou o adulto que, devido ao seu interesse pessoal e ao seu espírito cívico, dedica parte de seu tempo, sem remuneração alguma, a diversas formas de atividades, organizadas ou não, de bem-estar-social ou outros campos", (posição da ONU – Organização das Nações Unidas).

Já a CF (Constituição Federal), por meio da Lei Federal nº 9.608 e do Decreto 2.536, considerou , em 1998, trabalho voluntário como a "atividade não remunerada prestada por pessoa física a entidade pública de qualquer natureza ou instituição privada sem fins lucrativos que tenha objetivos cívicos, culturais, educacionais, científicos, recreativos ou de assistência social, inclusive mutualidade."

Gabriela Wagemaker foi uma das participantes do curso para gestantes e discursou sobre a importância das dicas, principalmente para as mães de primeira viagem e agradeceu o trabalho de cada uma das voluntárias.

As mulheres homenageadas da noite foram: Ana Cláudia Benini Siqueira, Andrea Cristiana Prequero, Ana Lygia Barbosa Lunardi, Maria Cristina Stolf, Délia Aleixo, Eliana Maria Barros de Campos, Eulina Alda Malvezzi van der Heijden, Glória Maria Domhof, Maria Ivete Alencar, Laís Betti César, Helena Maria Peeters Kors, Maria Leônia Siqueira Hendrikx, Leonor Campos Mauad, Maria Elisa Bonaite Nogueira, Maria Helena Moerschberger, Maria Liduina Domhof, Solange Garcia Amoroso Zanini e Sueli Coimbra.

“Estendo os cumprimentos e igual reconhecimento à todos que de alguma maneira contribuem ou contribuíram, praticando o voluntariado. O voluntário não desiste de fazer o bem, sem olhar a quem e, nesta tarefa, a maioria acaba por ficar no anonimato. É uma doação voluntária em prol do próximo. Uma atitude nobre, que terá sempre o meu respeito, o meu apoio e a minha admiração”, finaliza.

#Cursodegestantes

24 visualizações