• Da redação

Divagando



Nada melhor, nessa tarde de domingo, do que nos esquecermos um pouco de nosso corre corre e pensarmos o que nos espera pela frente...Já temos cumpridos muitos anos de luta, de preocupações, de alegria, de tristeza, de objetivos alcançados, ou não, de conquistas, de vitórias, de algumas decepções, de algumas pesquisas surpreendentes em nossa arte, de convívio com inúmeras pessoas, de nossos amigos, de poder estar curtindo nossa família, de ter sido premiada com muita saúde. Enfim, tudo isso é para que eu sempre agradeça a Deus por tudo o que nos tem proporcionado.

Nem sei por que comecei a pensar em nosso futuro: nos dias que nos esperam. O que se passou não deve ser esquecido, mas precisamos nos preocupar agora como vamos preencher as 24 horas que temos a cada dia.

Vamos começar a nos lembrar mais de nossa agenda e fazer uma relação de nossas obrigações mais prioritárias.

E quantas!!! Já fiz uma lista que quase não coube em uma folha A4!!!Por isso, cada minuto não pode ser desprezado! Seus 60 segundos estão rodando no relógio da parede.

Certa vez levei um relógio para um conserto e o relojoeiro me disse:- Posso tirar o ponteiro dos segundos?

- Não, por favor!

- Por quê?

- Porque preciso não me esquecer o quanto eles correm!

Nosso tempo vai se tornando cada vez mais curto! Por isso, não podemos desperdiçá-lo.

E as visitas que precisamos fazer? Não podemos acumulá-las, porque muitas vezes será tarde. E lá vem a agenda de novo! Lista nela!

Com cuidado, muito boa vontade, com certeza daremos conta de todos os nossos compromissos!

Agora a moda é se usar um verbo que é pouco usado em nosso vocabulário: minimizar. Seu significado, segundo Sérgio Ximenes, é “tornar mínimo em grau, extensão, importância, etc.; depreciar, fazer pouco de”.Então, agora esse verbo está sendo usado pelas donas de casa que dizem:

- Estou minimizando minha casa. Isso quer dizer que ela vai tirar de sua casa tudo que for inútil.

Na verdade é o que nós todos já deveríamos ter feito há muito tempo!

Outro verbo também usado é desapegar, cujo significado, segundo Sérgio Ximenes, é “desafeiçoar-(se), desunir(se)”.

Então, esse deve ser um dos trabalhos prioritários em nossa organização de nossa casa. Só assim teremos mais espaços para podermos usufruir com mais prazer o local onde moramos.

Tenho certeza que amanhã mesmo começo a minimizar minha casa!


6 visualizações