• Da redação

Feira noturna é adiada para a próxima semana



Abertura prevista para esta semana, no Imigrantes, foi transferida para dia 26

A feira noturna do bairro Imigrantes, marcada para começar esta semana, foi transferida para a próxima quinta-feira, dia 26. A mudança foi necessária, conforme explicou a diretora de Turismo e Cultura, Alessandra Caratti, para atender às necessidades de cada expositor que, na manhã de ontem, foi conferir o espaço demarcado para a colocação de sua barraca.

Sem contaminação

Também pensando nos feirantes inscritos para a feira noturna, os departamentos de Turismo e de Saúde promoveram uma palestra sobre a manipulação correta dos alimentos.

Na manhã de segunda-feira (foto) , durante pouco mais de uma hora, o médico sanitarista Paulo Madi orientou e tirou dúvidas dos feirantes inscritos – 58 barracas e três food bikes. Entre as perguntas mais frequentes estavam a limpeza correta das mãos – sempre com água e sabão e secagem em toalha de papel –, a contaminação cruzada dos alimentos – lembrando que o frango lidera a contaminação – e o uso de uniformes. “Adquirir corretamente os ingredientes que serão usados, transportá-los, manipulá-los e armazená-los corretamente estão entre as regras básicas para a segurança alimentar”, reforçou o médico, ao completar que todas as etapas, da compra ao servir, exigem cuidados básicos para que o alimento chegue à mão do cliente sem nenhuma contaminação.

Para todos os profissionais que lidam com alimentos, o médico citou que o uso de luvas nem sempre é recomendado e deve-se evitar, de preferência, o uso de máscaras – artigo geralmente usado de forma incorreta. Também não é permitido, para quem manipula alimentos, usar barba e a vestimenta vai além da apresentação: não se deve usar a mesma roupa que estava na rua, pois muitas vezes está contaminada. “Deve-se usar uniforme, avental.

A roupa própria já reduz a possibilidade de contaminação”. Leia mais sobre boas práticas alimentares na edição impressa desta sexta-feira.


0 visualização