• Da redação

Nova montagem do Musical "O Fantasma da Ópera" em São Paulo



Nova montagem do espetáculo há mais tempo em cartaz na Broadway se apresenta no Teatro Renault São Paulo

O espetáculo, que recentemente comemorou seu 30º aniversário como o mais antigo musical em cartaz na história da Broadway, é uma das produções de maior sucesso de todos os tempos. O fenômeno global já foi visto por mais de 140 milhões de pessoas em 35 países e 160 cidades, e traduzido para 15 idiomas ao redor do mundo.

Baseado no romance clássico Le Fantôme de L'Opera, de Gaston Leroux, o musical conta a história de uma figura mascarada que se espreita pelas catacumbas da Ópera de Paris exercendo domínio e aterrorizando todos que por ali passam. O Fantasma se apaixona perdidamente por uma inocente jovem soprano, Christine, e se dedica compulsivamente a criar uma nova estrela dos palcos.

Fazem parte do elenco nomes como o tenor Thiago Arancam e a cantora e dubladora Lina Mendes, que vivem o casal protagonista. Como alternantes para os papeis de Fantasma e Christine, estão, respectivamente, Leonardo Neiva e Giulia Nadruz, também experientes em óperas. O elenco conta, ainda, com Fred Silveira (Raoul), Sandro Christopher (Firmin), Marcos Lanza (André), Bete Diva (Carlotta), Clayton Pulzi (Piangi), Tais Vieira (Madame Giry) e Fernanda Muniz (Meg), entre os personagens principais.

Para a gerente de Marketing Institucional do laboratório farmacêutico EMS, que deu apoio à nova montagem do espetáculo nos palcos brasileiros, Josemara Tsuruoka, patrocinar espetáculos é uma maneira de aproximar o público da arte e fortalecer a cultura como forma de promover saúde e de cuidar das pessoas: "A EMS investe constantemente em projetos e eventos de caráter social, ambiental, cultural e esportivo, pois acredita que são pilares fundamentais para melhorar a qualidade de vida da população" diz a gerente.

Os ingressos estão disponíveis para venda na bilheteria do Teatro Renault, pela internet (www.ticketsforfun.com.br) e pontos de venda espalhados pelo País.

As sessões são às quartas, quintas e sextas-feiras, às 21h; aos sábados, às 16h e 21h; e aos domingos, às 15h e 20h


70 visualizações