• Da redação

Mostra de Paisagismo traz 19 ambientes



Ambientes abusam de flores e focam a sustentabilidade

A Mostra de Paisagismo, um dos atrativos da Expoflora, oferecerá aos turistas, de 24 de agosto a 23 de setembro, ideias que poderão ser adaptadas para pequenos e grandes espaços. São 19 ambientes assinados por profissionais diversificados, desde paisagistas e decoradores até artista plástico e engenheiros.

Coordenada pela arquiteta Karina Taccola, a Mostra deste ano foca, principalmente, ambientes externos, com projetos que podem ser adaptados para varandas, quintais e jardins de tamanhos variados. Muitos ambientes exibem pinturas feitas, principalmente, diretamente nos ambientes – entre eles, o Refúgio de Fim de Semana, assinado por Karina – e a arquiteta explicou que é uma tendência que acompanha a valorização do artista. As pinturas podem ser exclusivas e criadas por artistas, mas há uma opção mais rápida e barata: a utilização do giz líquido, que deixa o ambiente mais mutante porque permite “apagar e construir” e pode ser usado por qualquer pessoa.

O ambiente criado por Gustaaf Winters, Martina Winters e Rogério Bernardes é uma homenagem aos 70 anos da imigração holandesa. Cada detalhe é um resgate da antiga Fazenda Ribeirão: para matar a saudade dos cursos d’águas, nos quais muitos holambrenses aprenderam a nadar, Bernardes criou uma biopiscina (o tratamento é feito pelas próprias plantas e peixes); nas paredes, com tinta ecológica, as pinturas remetem à Holanda, como os moinhos, e o desenho de uma holandesa que interage com objetos que enfeitam o ambiente, entre eles uma bicicleta, paixão compartilhada por holandeses e brasileiros.

O paisagista Pedro Galli e a arquiteta Bruna Zechinato estreiam juntos na mostra com o espaço Quintal Orgânico Sensorial. A proposta é apresentar diferentes possibilidades para a criação de um jardim com pouca manutenção e baixo custo.

Rose Faria, de Goiânia, e Roberta Cicivizzo, de Pedreira, são alunas da Faculdade de Agronegócios de Holambra (Faagroh) e respondem pelo espaço Uma Festa no Jardim. Rose garantiu: a intenção é mostrar para as pessoas que elas podem fazer a festa em sua própria casa e, o melhor, podem executar, sozinhas, o projeto.No espaço assinado pelos profissionais da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Holambra (AEAAH), a intenção é, além de divulgar a associação, mostrar como a engenharia (desde a mecânica e elétrica até a agronômica) está presente nos projetos paisagísticos e contribui para a produção de flores.

E pelo sétimo ano consecutivo, a artista plástica Marisa Trippia traz um espaço que combina, harmoniosamente, arte e jardinagem. Suas telas, combinadas com projeções em 3D, garantem mais amplitude ao espaço. A estrela é a Flora, uma composição em 3D que une a arte da pintura com a arte floral.

E no final da Mostra, um ambiente que faz um convite para o turista voltar a Holambra. São pequenos jardins com flores variadas que dão uma amostra dos campos de flores disponíveis para ensaios fotográficos em Holambra.

Acompanhe matéria completa na edição do jornal impresso nesta sexta-feira.


0 visualização