• Da redação

Câmara Municipal foca em leis ambientais



Garantir que estabelecimentos comerciais deem o destino correto aos recicláveis - como latas e embalagens pet – e abolir os canudos de plástico de restaurantes e similares.

Nas últimas semanas, projetos que contribuem para a preservação ambiental ganharam espaço na Câmara Municipal. O primeiro, referente ao destino correto de produtos recicláveis, já foi sancionado pelo Executivo. O outro, que proíbe a distribuição de canudos de material plástico aos clientes de hotéis, bares e padarias, está em estudo. Esta lei já é aplicada no Rio de Janeiro e ganharam adeptos em campanhas que circulam nas redes sociais. Em Holambra, a proposta foi apresentada pela vereadora Jacinta van der Broek Heijden. Ela enfatizou que foi procurada por munícipes que queriam encampar esta campanha e frisou a importância de “qualquer movimento que possa contribuir para a preservação do meio ambiente”, sendo necessário estudar sua possibilidade e viabilidade.

A empresária Soraia Haddad considerou uma “ótima iniciativa”, possível de ser aplicada, mas que exigirá um gasto extra. Também a favor está a comerciante Márcia Maria dos Santos: ela acredita que o projeto é válido, mas ressaltou que é preciso dar tempo para o comércio se adaptar.

Confira reportagem completa na nossa edição impressa que circulará, excepcionalmente esta semana, na quinta-feira, dia 6. ___________________________________


0 visualização