• Da redação

Empresa celebra a chegada da primavera plantando árvores



Dia da Árvore e a chegada da Primavera foram comemorados pelos profissionais da Águas de Holambra com plantio de árvores e participação na campanha “Escreva Ideias, Plante Árvores”, desenvolvida pelo Consórcio PCJ. O terreno onde estão localizadas a sede administrativa da concessionária e a Estação de Tratamento de Água (ETA) Tulipas ficará ainda mais bonito e arborizado com o plantio das mudas de Ipê e Guapirijuba, realizado pela equipe de profissionais da empresa.

Uma das mudas foi o ipê, árvore que se difere da maioria das outras porque quando suas flores nascem, as folhas caem dos galhos. Essa árvore, bastante presente no Centro-Oeste e Sudeste do Brasil, costuma florir no final do inverno ou no início da primavera.

A outra muda plantada foi de árvore frutífera. A ideia é também fazer com que a árvore tenha uma interação com a fauna local. A guapirijuba, também conhecida como árvore cabeludinha ou jabuticaba amarela, tem o nome que vem do tupi e que significa “fruta amarela de casca amarga e felpuda”. Essa árvore frutifica nos meses de outubro a dezembro e os frutos são deliciosos para serem consumidos in-natura, em forma de sucos, doces ou sorvetes.


Lápis Semente

A Águas de Holambra participou também da Campanha “Escreva Ideias, Plante Árvores”, desenvolvida pelo Consórcio PCJ. A iniciativa distribuiu entre as empresas associadas, materiais de sensibilização ambiental e lápis sementes, que após o uso podem ser plantados para virarem árvores. A intenção é sensibilizar os colaboradores sobre a importância das matas para disponibilidade hídrica.

O Lápis Semente é um produto desenvolvido com madeira de reflorestamento e na parte superior possui um compartimento com sementes. Após o uso do lápis, ao invés de descarta-lo é possível plantá-lo com a parte das sementes para baixo em terra fértil. Os lápis foram distribuídos com dois tipos de espécies: Figueira Branca, que pode alcançar 20 metros de altura, e a Embaúba que atinge até 15 metros.

As árvores são extremamente importantes para a sustentabilidade hídrica, já que elas permitem a infiltração no solo de 50% da chuva que cai sobre uma floresta, auxiliando na recarga do lençol freático. Elas também mantem a biodiversidade, aumenta a umidade do ar, chuvas regulares, além de evitar erosão em encostas e margens de rios.




0 visualização