• Da redação

Ítens que devem ser revisados no carro antes de pegar a estrada no feriado



A manutenção preventiva evita acidentes e problemas na viagem

Quem vai aproveitar os feriados do mês de novembro para pegar a estrada, precisa ficar atento à revisão do carro. Isso porque avaliar as condições do veículo antes de pegar a estrada previne inconvenientes durante os dias de descanso.

Calibrar os pneus, checar o nível do óleo e completar o tanque do combustível é fundamental, mas, a lista vai além desses componentes básicos. Para garantir a segurança do automóvel, bem como a dos passageiros, é fundamental conferir outros itens. Confira:

Pneus: É sempre bom lembrar da importância de mantê-los conservados para a segurança de quem dirige. A inspeção dos pneus antes de uma viagem é primordial, e não pode esquecer de incluir o estepe nela. Se houver algum dano, faça a substituição. Na estrada, o pneu corre o risco de ser exposto a uma temperatura maior, o que aumenta sua pressão interna. Além disso, é necessário fazer a calibragem dos pneus (inclusive do estepe) e conferir se o alinhamento está correto.

Óleo e filtro: precisam ser trocados periodicamente, conforme recomendação do fabricante do carro, por km rodado ou tempo de uso. É importante que as substituições sigam as mesmas especificações da montadora. Ou seja, utilize sempre lubrificantes de alto desempenho. A boa prática de manutenção recomenda a substituição do filtro de óleo a cada nova troca do óleo lubrificante.

Combustível e freios: são fundamentais para o funcionamento do carro. No caso do combustível é sempre recomendável o abastecimento em postos de confiança, pois a má qualidade do produto pode formar sujeira e provocar entupimentos. Ir periodicamente à um mecânico de confiança é outra forma de evitar problemas de entupimento por meio de procedimentos de limpeza do sistema de alimentação. Já o sistema de freios tem que ser revisado a cada 10 mil km ou conforme orientação do manual de cada veículo, assim como o fluido do freio.

Arrefecimento: deve seguir a recomendação do fabricante que orienta utilizar produtos normais (minerais) e de longa duração . É importante manter o líquido de arrefecimento do radiador no nível adequado, conforme as marcações (min-máx) do reservatório de expansão para evitar o aquecimento do motor.

Suspensão, bateria e palhetas: precisam ser vistoriadas a cada 10 mil km, incluindo a geometria e o balanceamento. Não podem ficar de fora dessa avaliação os amortecedores, molas, buchas e batentes, inclusive a bateria que desgastam naturalmente com o tempo. Outro item fundamental são as palhetas, que não devem estar tortas e nem com a borracha ressecada.

Painel e lâmpadas: representam as condições do veículo, por isso, em caso de dúvida sobre o significado das luzes, consulte o manual do carro. E jamais viaje com alguma lâmpada queimada. Além de perigoso ainda pode render multa ao motorista.

Itens de emergência: são fundamentais quando imprevistos acontecem. Daí a importância de verificar se todos os componentes básicos de segurança estão no lugar. Entre eles, o triângulo, o macaco, o estepe e a chave de roda.

Checada a lista, faça as malas e boa viagem!


7 visualizações