• Da redação

Cães e gatos devem tomar antirrábica, alerta a Saúde de Holambra



28 de setembro é o Dia Mundial da Raiva. Em Holambra a data será lembrada com informação. Equipes do Departamento Municipal de Saúde estarão em uma tenda na Rota dos Imigrantes, que funcionará das 8h às 15h, para fornecer orientações e fazer um alerta sobre a doença e a importância da vacinação anual de cães e gatos a partir dos 3 meses de idade. A raiva é uma infecção viral aguda que pode atingir animais e seres humanos, que contraem a doença pelo contato com a saliva infectada, através de mordidas ou arranhões. Aqui no município, a imunização é realizada gratuitamente no consultório veterinário do Programa Meu Pet, que fica no Parque da Cidade, localizado no bairro Groot. É necessário agendar o atendimento presencialmente no local, que funciona de segunda a sexta-feira, entre 8h e 17h, ou por meio do telefone (19) 3802-7977. “Essa proteção anual é fundamental pois o vírus que provoca a doença ataca o sistema nervoso central do hospedeiro, causando uma inflamação do cérebro que evolui de forma bem rápida. E é fatal”, disse a médica veterinária da Vigilância Ambiental de Holambra, Angela Varella Katz. Ela explica ainda que o período entre a infecção e o aparecimento dos sintomas pode variar bastante: de 15 dias a 2 meses em cães, entre 7 dias e alguns meses no caso de gatos e, em média, 45 dias no homem.

Principais sintomas da doença


Os sintomas são parecidos com os da gripe, incluindo fraqueza geral, desconforto, febre ou dor de cabeça.

Mas à medida que a doença avança ocorrem alucinações, espasmos musculares involuntários e paralisia. Angela orienta que, em caso de mordida, é necessário lavar o ferimento com água e sabão e procurar o PSF mais próximo de casa, informando detalhes do incidente ao profissional de saúde.

2 visualizações0 comentário