• Da redação

Cabines de pedágio reforçam ações contra coronavírus


Entre as medidas, operadoras do sistema automático poderão fazer distribuição gratuita de tags



As 20 concessionárias de rodovias paulistas estão adotando medidas preventivas nas praças de pedágio: após a adoção de ações para ampliar a desinfecção nas praças de pedágio e a intensificação do uso de álcool gel pelas equipes que manuseiam dinheiro, a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) autorizou, agora, a distribuição gratuita pelas concessionárias de etiquetas eletrônicas (tags) para que o pagamento seja feito nas cabines automáticas, medida que irá ampliar a proteção dos usuários que estão mais expostos neste momento, os caminhoneiros.


Antes mesmo da crise do coronavírus, 55% dos pagamentos de pedágio nas rodovias paulistas já eram feitos nas cabines automáticas, o que elimina o contato entre os usuários e os operadores de pedágio. As tags serão entregues em um kit junto com álcool gel e folheto informativo. Serão distribuídos pelas concessionárias 170 mil folhetos informativos. A instalação do equipamento deve ser feita pelo usuário em local seguro, fora da área da praça de pedágio, em locais como postos de serviço. As próprias concessionárias estão em contato com as operadoras de pagamento de pedágio automático para disponibilização dos tags gratuitamente, e disponibilizarão as etiquetas eletrônicas de acordo com a quantidade cedida por essas empresas.


Além disso, uma medida de Governo no Estado de São Paulo suspendeu, por 90 dias, a pesagem dos caminhões nas rodovias estaduais. A decisão agiliza a circulação de produtos e protege os profissionais evitando o contato direto entre motoristas e funcionários que operam as balanças.

=

57 visualizações