• Da redação

Caixa Econômica facilita crédito para pequenas empresas



Associação Comercial e Empresarial (ACE Holambra) tem divulgado as linhas de crédito que possam ser úteis para as empresas enfrentarem a crise causada pela pandemia. Uma das ferramentas de crédito indicada é a que financia capital de giro através de um acordo lançado na última semana pela Caixa Econômica Federal, em parceria com o Sebrae.


A partir desta parceria, a CEF vai facilitar o acesso dos microempreendedores individuais (MEIs) e micro e pequenas empresas a financiamento de capital de giro. De acordo com a Caixa, a linha de financiamento terá prazo de carência de até 12 meses para começar a pagar, com taxas até 41% menores que as usuais do banco. A parceria com o Sebrae permitiu a redução da taxa de juros, assim como o aumento do número de parcelas.

O microempreendedor individual poderá contratar até R$ 12,5 mil, com carência de 9 meses e prazo de amortização de 24 meses. A taxa de juros será de 1,59% ao mês. Já as microempresas poderão contratar até R$ 75 mil, com carência de 12 meses e prazo de 30 meses. A taxa será de 1,39% ao mês.


As empresas de pequeno porte poderão contratar até R$ 125 mil, com carência de 12 meses e prazo de 36 meses. Os juros serão de 1,19% ao mês.

A parceria utiliza linhas de crédito da Caixa e garantias complementares do Sebrae, por meio do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe). Além de entrar com recursos para alavancar o volume de operações de crédito através do Fampe, o Sebrae também deve oferecer aos empreendedores o crédito assistido. Segundo o Sebrae, um dos maiores obstáculos no acesso dos pequenos negócios a crédito é a exigência de garantias feita pelas instituições financeiras.


Desde o começo da crise, 60% dos donos de pequenos negócios tiveram o pedido de crédito negado nos bancos. A principal barreira são as garantias solicitadas pelas instituições financeiras para concessão do empréstimo. Conforme o Sebrae, o Fampe funciona como um salvo-conduto. A linha de crédito pode ser solicitada sem sair de casa. Para saber mais informações, acesse o portal do Sebrae: www.sebrae.com.br

31 visualizações