• Da redação

Doe sangue, coleta será amanhã, 07/08 no salão terceira idade


Os holambrenses terão mais uma oportunidade de contribuírem com os bancos de sangue: dia 7, sexta-feira, o Departamento Municipal de Saúde promoverá, em parceria com o Hemocentro da Unicamp, a terceira etapa do ano da Campanha de Doação de Sangue. Será realizada das 8h às 12h, no Salão da Terceira Idade.

O diretor de Saúde, Valmir Iglecias, destacou que todo sangue coletado será distribuído gratuitamente a hospitais públicos e filantrópicos da região e alertou sobre a importância da participação dos moradores: com a pandemia do novo coronavírus, os estoques diminuíram. “Por isso, neste momento, o ato de solidariedade é ainda mais importante”, disse, ao frisar que todas as normas sanitárias serão rigorosamente seguidas, desde uso de máscaras até distanciamento adequado entre os doadores e disponibilidade do álcool em gel para higienização das mãos.

Reforço nas estradas

Os painéis eletrônicos distribuídos nas rodovias paulista sob concessão vão divulgar mensagens de incentivo às doações de sangue. A campanha da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) e das 20 concessionárias vai até 31 de agosto e tem como objetivo contribuir para o reabastecimento dos estoques de sangue dos hemocentros do Estado de São Paulo. Segundo dados, os reflexos da pandemia, somados ao período mais frio do ano que, historicamente, já traz uma redução nas doações, fizeram com que os estoques ficassem bem abaixo da média, atingindo níveis críticos.

No Brasil, a lei atual permite doação a partir dos 16 anos de idade, sendo que para aqueles que ainda não completaram 18 é necessária aprovação por escrito de um responsável legal. É necessário também ter peso mínimo de 50kg. Isso porque, por motivos técnicos, a quantidade de sangue doada é padronizada, ou seja, independente de pesar 50kg ou 100kg, o volume de sangue retirado é o mesmo, que pode não ser tolerado caso o doador tenha baixo peso. A doação de sangue também não é permitida durante a gestação e nos 12 primeiros meses após o parto, caso a candidata esteja amamentando. Não é necessário jejum para doar sangue, apenas é recomendado que se evite refeições gordurosas antes da doação.

18 visualizações