• Da redação

Fernando Capato e Miguel Esperança confirmam a pré candidatura


Miguel Esperança recebeu apoio estadual para pré-candidatura a vice do atual vice-prefeito


A pré-candidatura do atual vice-prefeito Fernando Capato (PSD) a prefeito de Holambra foi anunciada em março, mas faltava um nome para completar a chapa: o pré-candidato a vice, cargo que conta com vários candidatos. E esta semana, em São Paulo, o tucano Miguel Esperança saiu na frente e se lançou como pré-candidato, com apoio do PSDB estadual.


“Essa grande aliança sacramentada aqui, com Fernando Capato pré-candidato a prefeito e Miguel Esperança pré-candidato a vice, tem todo o nosso apoio, o apoio do PSDB do Estado de São Paulo, para que a gente possa seguir em frente com a boa gestão que vem sendo feita pelo Dr. Fernando”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Regional e presidente estadual do PSDB, Marco Vinholi.


O PSDB de Holambra integra a base do governo desde o primeiro mandato do prefeito Fernando Fiori de Godoy (PTB), iniciado em 2013. Miguel pontuou que Fernando Capato é o nome do governo à sucessão e o PSDB, como parte do grupo nos últimos oito anos, apoia esta pré-candidatura. “O PSDB vem trabalhando junto com a administração, contribuindo para as melhorias da cidade. O vice-prefeito atual naturalmente se destacou e vem como pré-candidato a prefeito. E eu tive a honra, a alegria e o privilégio de receber o apoio do presidente estadual do meu partido para compor a chapa”.


Pré-candidatos

O lançamento de pré-candidaturas é um processo normal e os nomes só serão confirmados após as convenções. Com a Emenda Constitucional (EC) nº 107/2020, que adiou as eleições municipais devido à pandemia, todos os prazos eleitorais previstos para julho foram prorrogados por 42 dias. Assim, as convenções partidárias para a escolha de candidatos, que aconteceriam de 20 de julho a 5 de agosto, serão realizadas no período de 31 de agosto a 16 de setembro. E para garantir as recomendações médicas e sanitárias, os partidos políticos poderão realizar suas convenções em formato virtual para a escolha de candidatos e formação de coligações majoritárias.


Em abril, logo após a janela partidária, PSDB e PSD ganharam mais um representante na Câmara e passaram a contar com três vereadores cada. Nesta ocasião, em entrevista ao Jornal da Cidade, alguns vereadores destacaram que colocariam seus nomes à disposição para pré-candidato a vice: pelo PSD, Jesus da Farmácia disse que tentaria, primeiro, ocupar a vaga de pré-candidato a vice, mas caso não desse certo, seguiria como pré-candidato a vereador. Lucas Simioni, atual presidente da Câmara, foi para o MDB e também informou que pleitearia o cargo de pré-candidato a vice-prefeito junto ao pré-candidato Fernando Capato.


Por fim, no PSDB, Mário Sitta não descartou a possibilidade, mas completou que também poderia seguir como pré-candidato a vereador. Também no PSDB e com três mandatos na Câmara, Jacinta Heijden disse que estava preparada para “avançar um degrau” e que colocaria seu nome à disposição do partido para o cargo de vice-prefeita de Holambra em chapa pura ou em apoio ao atual vice-prefeito Fernando Capato, pré-candidato a prefeito.

Helga Vilela

0 visualização