• Da redação

Holambra voltou à fase vermelha e o momento é de alerta para a saúde


Foram 29 novos casos de Covid-19 desde a última semana; região está de volta à fase vermelha




Holambra contava com 30 casos de Coronavírus até a tarde do dia 25 de junho (cinco a mais em relação à semana anterior). No dia seguinte, com a atualização dos resultados, já eram 43 e os últimos dados, desta quinta-feira, dia 2 de julho, apontam 59 casos da doença em Holambra. Desde a primeira notificação, no final de março, este é o recorde de casos confirmados na cidade. Foram 29 confirmações em sete dias, praticamente dobrando o número de doentes. Tem ainda 20 casos suspeitos e dois pacientes estão internados. Não há mortes pela doença em Holambra. Ao avaliar o atual cenário, o a Departamento Municipal de Saúde disse tratar-se de “um momento decisivo para a cidade quanto à epidemia e que requer maior atenção do poder público, setores econômicos e, em especial, da sociedade civil”.


O departamento informou que a curva de casos confirmados por semana epidemiológica está aumentando desde o começo de maio “em um ritmo sustentado”, conforme era previsto devido à interiorização da doença em São Paulo. “A situação é constantemente monitorada pelo município e pelo Estado e, até o momento, é passível de absorção pelo sistema de saúde local e do Departamento Regional de Saúde 7, ao qual Holambra está vinculada”, reforçou o diretor de Saúde, Valmir Iglecias.


Sobre o aumento de casos após a flexibilização da quarentena, o departamento destacou a necessidade de todos entenderem o que significa este termo. “Flexibilização se refere à abertura de alguns setores da economia com restrições e não aos cuidados individuais e coletivos. Esses, pelo contrário, devem ser intensificados. O isolamento social ainda é o meio mais eficaz de controle da doença. Quando for necessário sair de casa é preciso usar a máscara, reforçar os cuidados com a higiene e evitar aglomerações”, completou, ao destacar que, “infelizmente”, a população tem se descuidado após a flexibilização.

Helga Vilela

159 visualizações