• Da redação

Interact Holambra promove 5ª edição da “Árvore dos Sonhos”

Todas as cartinhas foram “apadrinhadas”; entrega dos presentes para as crianças será dia 6 de dezembro


Uma iniciativa que se repete pelo quinto ano consecutivo e que envolve toda a comunidade: promovida pelo Interact – a parte ‘jovem’ do Rotary e que tem à frente, em Holambra, Teresa Venturini – a 5ª edição da “Árvore dos Sonhos” foi lançada na noite de terça-feira, dia 19, e todas as cartinhas foram adotadas em menos de 24h.



A interactiana Aline David Toledo explicou que, este ano, a ação beneficiará os alunos da Escola Abelhinha, do bairro Palmeiras. Ao todo, 104 crianças vão receber presentes de Natal a partir das cartas apadrinhadas. Esta escola já foi escolhida em 2016, segundo ano da ação. Em 2015 começou com a Creche Colmeia e, nos anos seguintes, os presentes chegaram às escolas Favo de Mel (Fundão, em 2017) e Terezinha Kors (Imigrantes, em 2018).

Aline enfatizou que a escolha da escola é feita pela Prefeitura, a qual disponibiliza os dados das crianças (nome e idade) para o Interact. “Nós preparamos os cartões com essas informações, que são os próprios enfeites da árvore de Natal que colocamos na Martin Holandesa”.


A Martin é parceira da ação desde a primeira edição: esta semana, no dia 19, às 19h, Kelly e Frank Gerritsen ofereceram um coquetel gratuito para recepcionar os convidados do Interact, os quais apadrinharam as 104 crianças. “Para a realização deste projeto, contamos com a colaboração dos holambrenses que pegam os cartões e compram os presentes. E agradecemos,de coração, nossos apoiadores Kelly e Frank, da confeitaria Martim Holandesa, que colaboram muito oferecendo o espaço e servindo um coquetel para os nossos jovens e convidados. Em nome do Rotary e Interact, meu muito obrigada”, disse Teresa.


Os presentes devem ser entregues para os organizadores ou na Martin até dia 30, com o nome da criança e uma mensagem (opcional).Já a entrega para as crianças será feita dia 6 de dezembro, a partir das 14h, na escola. “Também fazemos uma tarde de brincadeira muito divertida”, completou Aline.


MarithaDomhof participou pelo segundo ano e, desta vez, foi com uma missão: além da sua cartinha, pegou mais duas para amigas que souberam da ação. Para Maritha, o que chama a atenção é o envolvimento dos rotarianos e interactianos (adultos e jovens), os quais recepcionam os convidados e transformam a Árvore dos Sonhos numa ação leve e fácil. “Somos acolhidos por eles e as cartinhas já estão todas prontas. O evento envolve tempo e dedicação, é muito organizado e dinâmico. E é um prazer ajudar alguém”.

37 visualizações