• Da redação

Moradores de Holambra elegem novos conselheiros tutelares

Votação aconteceu no último domingo (6), na escola municipal Jardim das Primaveras



Holambra elegeu no último domingo, dia 6 de outubro, cinco novos conselheiros tutelares e seus suplentes para atuação no município a partir de janeiro de 2020. A votação aconteceu durante todo o dia, das 9h às 17h, na escola municipal Jardim das Primaveras.

Ao todo, 324 holambrenses participaram do processo de escolha, em que cada eleitor poderia escolher até 5 candidatos. Foram contabilizados, por fim, 842 votos. Os eleitos são Tatiane Cristina de Oliveira (178 votos), Simone Lucinda (149 votos), Miriele Janaina Batista da Silva (114 votos), Maria Aparecida Camargo Bernardini (112 votos) e Aparecida Prates Magalhães (103 votos). Estefani Trindade Lucindo e Silvio de Jesus serão os suplentes.

“Estou muito feliz com minha reeleição. Quando encerrar esse mandato no início de 2020 completarei 5 anos e meio como conselheira. É uma responsabilidade muito grande. Tem que ter muita sabedoria, cuidado e amor no que faz”, comentou Simone Lucinda. Também reeleita, Miriele Janaina completou que os conselheiros têm o dever de garantir que os direitos das crianças sejam preservados.

“As fases da infância e da adolescência são importantíssimas para a formação de uma pessoa. Nossa missão será garantir os direitos das crianças e adolescentes”, reforçou Tatiane Cristina.

Para Maria Aparecida, serão 4 anos de muito trabalho e aprendizado. “Estou muito confiante e farei o que estiver ao meu alcance para fazer valer os direitos de nossas crianças e adolescentes”, disse. A quinta eleita, Aparecida Prates, exaltou que proteger as crianças significa olhar com atenção para as comunidades que os acolhem como família, escola e a igreja. “Apoiar, orientar e incentivar estes grupos sociais às práticas saudáveis, que venham favorecer o desenvolvimento cognitivo, afetivo, emocional e social de nossas crianças e adolescentes”.

De acordo com a diretora municipal de Promoção Social, Viviane Filomena Furgeri, a participação da população no processo de escolha foi muito positiva. “Tivemos mais de 800 votos. Os moradores se empenharam na eleição dos novos conselheiros”, comentou. A diretora comentou ainda que os novos servidores iniciam o trabalho no dia 10 de janeiro do próximo ano e seguem até 10 de janeiro de 2024.

O salário de conselheiro tutelar em Holambra é de R$ 1.647,29 e a carga horária é de 44 horas semanais, além de plantões à distância noturnos e aos finais de semana, feriados e pontos facultativos.

29 visualizações