• Da redação

Moradores reclamam da falta de lixeiras públicas num dos trechos da Rota dos Imigrantes

Ausência desses locais pode incentivar moradores a depositarem lixo nas plantas


No dia 11 de setembro, o Jornal da Cidade publicou nas redes sociais um editorial de indignação pela presença de lixo nos vasos de plantas na Rua Rota dos Imigrantes, Centro de Holambra. A postagem sensibilizou boa parte dos internautas que enfatizaram a falta de edução de quem pratica essa ato contra a natureza e as flores da cidade.



Moradores que acompanharam o caso procuraram os repórteres do jornal para acrescentar uma informação à publicação: há um grande trecho da avenida onde não há lixeiras instaladas, o que - pela lógica - pode ser uma das razões pelas quais algumas pessoas jogam lixo nas flores.



"Continua sendo falta de educação jogar qualquer tipo de lixo na via pública, entretanto, quem não pode andar até o fim da rua para depositar os seus resíduos tem um pouco de dificuldade", relatou a funcionária de um comércio local que não quis se identificar. Questionada sobre esse caso, a Prefeitura informou que “estão em processo de compra as lixeiras que serão instaladas na Rota dos Imigrantes. A expectativa é que elas sejam disponibilizadas até o final de outubro”. Por outro lado,enfatizou a assessoria de imprensa, cinco pontos da cidade ganharam contêineres para depósito de recicláveis, o que é primeiro passo para intensificar a coleta seletiva.



Em maio, o Jornal da Cidade fez o mesmo questionamento à Prefeitura e, naquela ocasião, a resposta foi a seguinte: “... a previsão é de que isso ocorra, no primeiro trecho da remodelação, até o final do mês de julho. O departamento informa que serão disponibilizados, inclusive, recipientes para a coleta seletiva”.

Resta saber quando essa promessa será cumprida por inteiro.












43 visualizações