• Da redação

Pai: companheiro para todas as horas

Manu é filha de campeão. Mas qual pai não é um campeão para seu filho? Para a Alice, seu pai é muito trabalhador. Murilo tem em casa seu melhor amigo. Valentina e Nicoli têm grandes companheiros para suas brincadeiras e Heloísa divide com seu pai o gosto por uma boa refeição!

Domingo foi Dia dos Pais e o Jornal da Cidade ouviu seis alunos da Emei Joaquim Felipe de Almeida: são depoimentos sinceros, que ilustram o que todas as crianças esperam de seus pais: companhia e carinho. Manuela Artuzi da Silva adora passar algumas horas ao lado de seu pai: brincam e colhem frutinhas no sítio. Sobre as preferências de seu pai, ela não tem dúvidas: ele adora tratores. “Ele me deu um trator, de controle remoto”. E completa: ele dirige o Bandido. Leandro, pai de Manu, é o atual campeão da categoria Livre 3,4 mil do Trekker Trek. E Manu não esconde que é um orgulho ver o pai entrar na pista. Ela disse que quer aprender a dirigir um trator, mas tem dúvidas se pretende disputar o Trekker Trek. “Tem muitas categorias e a gente precisa esperar muito”, disse. Mas neste último domingo, não teve Trekker Trek: Manu quis apenas passear com o seu pai.



Murilo Silveira Rodrigues não tem dúvidas: gosta de lutar jiu-jitsu com seu pai Alexandre. Outra atividade que gosta de fazer junto é ir ao parquinho: escorregar, escalar e chegar até a casinha. “É mais seguro quando ele está por perto”. No último domingo, Murilo gostaria de brincar e ir ao parquinho e declarou. “Gosto muito do meu pai, somos amigos. Ele é meu melhor amigo”.



Valentina Acêncio Frazão confessa que a melhor parte de estar com o pai Michel é poder brincar de pega-pega e de bola. Para que o Dia dos Pais seja inesquecível, tem uma sugestão: ir ao shopping e ficar o dia inteiro ao lado do seu pai. Nicoli Evaristo dos Santos garante que seu pai Edson sempre faz suas vontades e entre as brincadeiras preferidas estão esconde-esconde e amarelinha. “Gosto muito quando ele me pega e me faz girar”. Para o Dia dos Pais, ela preparou uma surpresa, afinal “todos gostam de presentes”! E completa: quero brincar muito!



Heloisa Policanti Silva divide uma paixão com o pai Wellington: a comida. “Gostamos de almoçar e jantar juntos. E em datas especiais gostamos de fazer churrasco”. Ela lembra que já foram para a praia e que gosta de jogar bola: o pai é sempre o goleiro. Para o último domingo, houve dúvidas: um almoço especial. E, se der, um passeio bem legal para completar!



Alice Emi Iizuka Chaves tem uma lista enorme sobre o que gosta de fazer com seu pai Jonathan. A lista conta com queimada, dança e música. “Não sei se eu sei dançar. Mas gostaria que ele falasse qual é a música preferida dele, aí a gente colocaria e tentaria dançar junto. E depois eu poderia mostrar pra ele que sei cantar uma música em inglês, que fala de cavalos. Eu aprendi sozinha, vendo no computador”. Os depoimentos de Manu, Alice, Murilo, Heloisa, Nicoli e Valentina, muitos semelhantes, mostram o que os pequenos esperam dos pais: um dia especial, ao lado deles.



0 visualização