• Da redação

Rotary e Interact fazem ação comunitária nesse sábado, 25


Ação acontecerá na manhã deste sábado; arrecadação será usada para compra de kits de higiene



A população deve usar máscaras simples, feitas em casa, para diminuir o risco de contaminação da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. E quem ainda não tem máscaras para usar naquelas saídas inadiáveis (lembrando que a recomendação do Ministério da Saúde é ficar em casa), o Interact tem a solução: neste sábado, o grupo venderá máscaras feitas em tecido.


Esta ação tem um objetivo: toda renda será revertida para a compra de kits de higiene que serão entregues às famílias que passam por dificuldades financeiras. À frente da campanha estão a presidente do Interact, Luiza Medeiros, e a coordenadora Teresa Venturini. A venda acontecerá na Associação Príncipe Bernardo (APB), das 9h às 11h.


Cada máscara será vendida por R$ 5,00, mas o grupo também reservará algumas para quem preferir fazer a troca por um produto de limpeza. Estão na lista sabão, papel higiênico, pasta de dente, água sanitária ou detergente: cada item valerá uma máscara de tecido 100% algodão (estoque limitado).


As máscaras estão sendo confeccionadas pelas rotarianas Carolina Viadanna, Teresa Venturini e Leonor Mauad. Já a venda envolverá o Interact - clube patrocinado pelo Rotary, formado por jovens de 12 a 18 anos que trabalham voluntariamente em ações voltadas à comunidade. Hoje são 16 associados, mas pela preocupação com a Covid-19, a ação envolverá apenas quatro.


Kits de higiene

O Rotary já fez a doação de 50 kits de higiene: eles serão incluídos nas cestas de alimentos que o grupo Amigos da Cachoeira entregarão às famílias carentes. Com a venda ou troca neste sábado, o Interact dará continuidade à campanha, ampliando o número de pessoas que serão beneficiadas. Esta primeira doação foi feita a partir do dinheiro arrecadado na venda de pizzas.

Rotary já doou 50 kits de higiene que vão compor as cestas de alimentos entregues pelo Amigos da Cachoeira

Troca de alimentos por máscaras

Outra ação envolvendo a troca de máscaras acontece no centro da cidade: quem quiser uma máscara, deve levar doar dois quilos de alimentos não perecível, arrecadação que chegará às famílias carentes de Holambra – caso necessário, será solicitado o auxílio ou indicações da Promoção Social. “Quero fazer uma campanha em parceria com as minhas clientes”, explicou a empresária Letícia Sales Bueno Chiavegato, ao frisar a importância de olhar para os mais necessitados, por mais tenebrosa que esteja o cenário mundial. “Sempre existe uma possibilidade de fazer o bem; cada um com seu limite e condições”.

A troca será de segunda a sexta, das 10h às 16h, na Villa Petit (perto do Banco do Brasil): não será permitida a entrada do cliente e a troca seguirá todos os cuidados necessários para o enfrentamento do Coronavírus.

Helga Vilela

25 visualizações