• Da redação

Transporte terá cartão único na RMC

Cartão Bus+ será aceito em todos os ônibus intermunicipais das 20 cidades da região

Helga Vilela

Integrar o transporte intermunicipal entre as 20 cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC), permitindo o uso de um único cartão. Esta é a proposta do Cartão Bus+: exemplificando, quem mora em Engenheiro Coelho e trabalha em Holambra não vai precisar comprar vale-transporte de duas empresas diferentes (neste caso, da VB Transporte e da Princesa D’Oeste).

O cadastro começou na última segunda-feira, dia 24, e o sistema será operado pelo Consórcio BUS+. Ao unificar e substituir todos os atuais cartões, o consórcio acredita que os passageiros das linhas de ônibus intermunicipais terão mais facilidade para utilizar o sistema gerenciado pela EMTU, além desta integração garantir maior agilidade no embarque.

O diretor de Comunicação do Consórcio Bus+, Paulo Barddal, explicou que, atualmente, cada concessionária possui seu próprio cartão eletrônico, além do passe em papel. “desde segunda-feira, iniciamos a implantação de um cartão única para toda a RMC”, reforçou, ao frisar que o sistema de bilhetagem já está em operação.

Com a mudança, serão cinco bilhetes eletrônicos: Vale-Transporte, Cidadão, Escolar, Sênior e Especial. Barddal informou que o cronograma de implantação prevê que os atuais bilhetes e passes de papel – hoje nas modalidades Comum, Estudante, Sênior e Especial – sejam aceitos até dia 30 de setembro e o atual Vale-Transporte terá validade até dia 15 de novembro.



Substituição

A substituição do cartão atual é feita através do site www.busmais.com.br ou em um dos 18 pontos de atendimento do Consórcio BUS+ localizados nos municípios da RMC (listados no site). Barddal explicou que apenas o cadastro do Vale-Transporte pode ser feito pelo site ou presencialmente. Já os passageiros que fazem uso dos demais – Cidadão, Escolar, Sênior e Especial – precisam ir até o posto de atendimento. A modalidade Cidadão é entregue na hora. Já os demais – inclusive o Vale-Transporte, que pode ser feito pelo site – é emitido cinco dias após o cadastro e a pessoa precisa retornar ao ponto de atendimento para retirá-lo.

O passageiro fará a recarga dos cartões nesses pontos e não há limite de valor. Mas vale o alerta: aceita-se apenas dinheiro. Holambra não conta com ponto de atendimento: os mais próximos são nas rodoviárias de

Artur Nogueira, Cosmópolis e Jaguariúna e na garagem da Jota Jota, em Santo Antônio de Posse.

Nos 20 municípios da RMC são transportados diariamente 140 mil passageiros em uma frota de 429 veículos distribuídos em 152 linhas intermunicipais.

0 visualização