• Da redação

USF Santa Margarida realiza ação especial para pacientes em Holambra

Ação aconteceu na última terça-feira (21) e contou com a participação do grupo musical Vocal Livre



Os pacientes domiciliares atendidos pela USF Santa Margarida tiveram uma bela surpresa na manhã da última terça-feira (22). O grupo musical Vocal Livre compareceu em todas as visitas médicas realizando uma apresentação aos pacientes atendidos pela Drª Viviane Guimarães, médica do posto.

“Fomos em oito casas pela manhã, sendo que geralmente vamos em apenas seis. “, afirma a Drª Viviane, que também foi idealizadora do projeto. As visitas aos pacientes acontecem sempre às terças-feiras mediante agendamentos e, juntamente com a médica, há uma equipe de enfermeiros do posto de saúde que auxiliam no trabalho de trocar curativos, entre outas coisas.

“Foi a primeira vez que recebemos esse grupo e achei magnífica a ideia de proporcionar aos pacientes esse momento especial de socialização, emoção e alegria”, relata a enfermeira responsável pela unidade PSF Santa Margarida, Érica Souza. De acordo com ela, muitos dos atendidos são acamados e quase nunca tem contato com pessoas diferentes.


Existem diversos estudos que explicam o efeito positivo da música na vida de pessoas doentes. A doutora explica que a terapia musical é usada desde os tempos de Aristóteles e Platão e exemplifica que, no final da segunda guerra mundial, as autoridades americanas profissionalizaram pessoas para cantar em hospitais porque os resultados dessa terapia foram extremamente positivos nos feridos. “A música tem inúmeros efeitos no nosso corpo, incluindo redução da sensação de dor e aumento da produção de serotonina, que é um neurotransmissor envolvido na melhora do nosso humor. Hoje, eu tive a oportunidade de levar um coral que cantou lindamente para os pacientes, e pude reafirmar que a saúde envolve muito mais do que ir ao médico ou tomar remédios. Tem a ver também com o que pensamos e sentimos. Meu desejo é praticar a medicina com o máximo de técnica possível, mas também com muita sensibilidade, que é tão própria do ser humano. Sou grata pela oportunidade”, finaliza.



0 visualização