• Da redação

Vacina contra o Influenza: pessoas com 60 anos ou mais serão imunizadas em casa


Pessoas com 60 anos ou mais, público-alvo da primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza em Holambra, serão atendidas em casa e com horário marcado. A mudança no formato de imunização, antes agendada para acontecer em escolas municipais por orientação do Governo do Estado, eliminará a necessidade de locomoção de idosos, reduzindo risco de contaminação para o grupo de maior risco de contaminação do novo Coronavírus. O agendamento começa nesta segunda-feira, 23 de março.


Para solicitar a dose, que é gratuita, o morador deverá entrar em contato com o setor de Vigilância em Saúde pelo telefone (19) 3802-2744. Uma unidade móvel com equipe de saúde fará o atendimento em domicílio, no horário combinado. Também beneficiados nesta primeira etapa da campanha, profissionais de saúde serão vacinados já no início da semana nas unidades básicas de saúde do Imigrantes e Santa Margarida, no bairro Jardim das Tulipas, das 8h às 16h.


“Inicialmente faríamos a vacinação de pessoas com mais de 60 anos em escolas municipais, fechadas em função da prevenção ao novo coronavírus. Isso evitaria aglomerações nas unidades de saúde, reduzindo o risco de contágio”, explicou o prefeito Fernando Fiori de Godoy. “Para tornar o processo ainda mais seguro para essas pessoas, que fazem parte do grupo de risco, decidimos levar a aplicação da vacina até a casa das pessoas”.


De acordo com o diretor municipal de Saúde, Valmir Marcelo Iglecias, é muito importante que pessoas com mais de 60 anos permaneçam em casa e não se exponham a contaminação pelo Covid-19. “Para esse grupo, vacinas contra o Influenza serão oferecidas somente mediante agendamento, em casa. Pedimos que as pessoas não procurem pessoalmente a unidade de saúde”, explica.


A campanha contra o Influenza vai ocorrer em etapas (confira abaixo). Devem receber a dose, além de idosos e profissionais de saúde, pessoas a partir de 55 anos, gestantes, mães com filhos recém-nascidos, crianças entre 6 meses e menos de 6 anos de idade, professores, portadores de doenças crônicas, profissionais das Forças de Segurança e Salvamento, população indígena e pessoas com deficiência.


“É importante ressaltar que esta vacina não protege contra o novo Coronavírus, mas é fundamental para agilizar a confirmação de casos porque vai ser possível poder descartar o influenza em pessoas imunizadas”, disse o diretor.


Etapas da Campanha Nacional de Vacinação Contra o Influenza


- A partir do dia 23 de março: profissionais de saúde e pessoas com 60 anos de idade (estas, somente com atendimento domiciliar com agendamento pelo telefone 3802-2744).

- A partir do dia 16 de abril: professores, portadores de doenças crônicas e profissionais da Força de Segurança e Salvamento (como policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas).

- A partir do dia 9 de maio: crianças a partir de 6 meses e menores de 6 anos de idade, gestantes e mulheres com filhos recém nascidos, pessoas com 55 anos ou mais, indígenas e pessoas com deficiência.

86 visualizações